Você está em: Home >> Notícias >> Ata do Copom persiste em ajustes moderados da Selic
 
- Procurar Notícias  
 
 
14/12/2011 | Ata do Copom persiste em ajustes moderados da Selic

Na passada, o Banco Central divulgou a ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) e o seu conteúdo contém mais do mesmo, qual seja: a redução da taxa básica de juros continuará a conta gotas. “O Copom entende que, ao tempestivamente mitigar os efeitos vindos de um ambiente global mais restritivo, ajustes moderados no nível da taxa básica são consistentes com o cenário de convergência da inflação para a meta em 2012”, diz o texto.

 

Isso, mesmo que “o conjunto de informações disponíveis sugere tendência declinante da inflação acumulada em doze meses”, recuo de 7,31% para 6,97% na passagem de setembro para outubro, e que o Copom “identifica riscos decrescentes à concretização de um cenário em que a inflação convirja para o centro da meta”.

 

Mesmo reconhecendo que a desaceleração econômica – chamada eufemisticamente de “processo de moderação” – é decorrente “das ações de política implementadas desde o final do ano passado”, o BC tenta jogar a responsabilidade para a crise internacional o péssimo desempenho da economia brasileira este ano e, mantendo-se as atuais políticas monetária e fiscal, para o próximo também. O que não impede de fazer afirmações do tipo: “O Copom pondera que, embora esteja em curso moderação da expansão da demanda doméstica, são favoráveis as perspectivas para a atividade econômica”. Com o os juros mais alto do mundo? Com arrocho fiscal para fazer frente ao pagamento dos juros? Com o BNDES desviando recursos para as multinacionais, importadoras por natureza, e grandes grupos nacionais?

 

Não foi à toa o “crescimento” zero do PIB no terceiro trimestre, na comparação com o trimestre imediatamente anterior. É resultado exatamente das ações adotadas pela equipe econômica para derrubar o crescimento. A própria ata registra o resultado desse desatino: “A atividade fabril recuou 2,0% em setembro, de acordo com a série da produção industrial geral dessazonalizada pelo IBGE, após queda de 0,1% em agosto e avanço de 0,3% em julho”.

 

Ainda segundo o documento, o Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) na indústria de transformação, calculado pela FGV, “recuou para 83,3% em novembro – menor nível de utilização desde novembro de 2009 –, após registrar 83,5% em outubro”. Assim, “as taxas de utilização da capacidade instalada têm recuado, refletindo, em parte, a redução no ritmo de crescimento da produção e a maturação de investimentos”.

 

Não deixa de ser risível a análise da situação econômica em nível mundial. Conforme a ata, “no terceiro trimestre, a atividade econômica acelerou-se nos Estados Unidos da América (EUA) e Japão, mas desacelerou-se na Zona do Euro e na China”. Para o BC, a aceleração econômica nos EUA foi 2%, anualizado. Já a desaceleração na China, se deu porque o “PIB reduziu-se a 9,1% no terceiro trimestre ante 9,5% no trimestre anterior”.

 
Últimas Notícias
 
22/05/2017   -- Resolução Diretório Estadual Partido Pátria Livre RS
19/05/2017   -- Chega de ladrões! Eleições gerais já!
19/05/2017   -- Aécio pediu R$ 2 milhões e pegou. Dinheiro foi rastreado até parar em Perrella, o do helicóptero de cocaína
19/05/2017   -- Paim: ‘Quem votar pela PEC da Previdência não volta em 2018’
19/05/2017   -- Okamoto e Vaccari na agenda de Léo Pinheiro
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
18.05.2017
 Parente corta investimentos e privatiza Campo do Azulão.
19.05.2017
 Com manifestações e panelaço, povo vai às ruas após divulgação de gravações de Temer .
19.05.2017
 Molon protocola pedido de impeachment.
19.05.2017
 JBS: Mantega recebia a propina e distribuía.
19.05.2017
 Agendas e foto desmentem Lula.
19.05.2017
 Okamoto e Vaccari na agenda de Léo Pinheiro.
19.05.2017
  Paim: ‘Quem votar pela PEC da Previdência não volta em 2018’ .
19.05.2017
 Aécio pediu R$ 2 milhões e pegou. Dinheiro foi rastreado até parar em Perrella, o do helicóptero de cocaína.
06.05.2017
 PEC dos partidos corruptos passa na CCJ da Câmara.
06.05.2017
 A privatização do Satélite da Telebrás: mais uma ameaça à nossa soberania.
06.05.2017
 Sangria com juros aumenta no primeiro trimestre: R$ 110 bilhões .
06.05.2017
 Gilmar, Lewandowski e Toffoli afrontam o país.
06.05.2017
 Centrais convocam todos a Brasília em defesa da Previdência e da CLT.
06.05.2017
 Adesão à greve geral para o país contra ataques a direitos .
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.com.br