Você está em: Home >> Notícias >> Petrobrás divulga nota sobre as ‘gotículas de óleo’ em Roncador
 
- Procurar Notícias  
 
 
11/04/2012 | Petrobrás divulga nota sobre as ‘gotículas de óleo’ em Roncador

Em nota divulgada pela Petrobrás, domingo (8/4), a estatal relata que, durante inspeção submarina, “foi identificada uma exsudação de gotículas de óleo no solo marinho do Campo de Roncador, localizado a 120 quilômetros da costa do Rio de Janeiro e a cerca de 500 metros do limite com o Campo de Frade”.

O Campo de Frade é o local onde a norte-americana Chevron provocou o criminoso derramamento de óleo na Bacia de Campos em 7 de novembro passado. A multinacional foi denunciada pelo Ministério Público por uma série de crimes, entre eles, falsificação de documentos e desastre ambiental. Entre outros absurdos cometidos pela petroleira norte-americana estão a não comunicação imediata do vazamento. “A Chevron permitiu que o vazamento continuasse sem controle”, diz relatório da Polícia Federal. “A Chevron sabia que explorava o poço acima da resistência das paredes rochosas da área”, acrescenta o relatório da PF, completando que “a Chevron e a operadora da sonda Transocean buscavam explorar a camada do pré-sal sem condições técnicas e de segurança para isso”.

A Petrobrás informou às autoridades competentes sobre a situação e afirmou que “não foi localizada nenhuma mancha de óleo na superfície do mar e uma amostra das gotículas de óleo foi coletada para análise e identificação de sua origem”.

IARA

No dia seguinte, 9 de novembro, a Petrobrás informou que concluiu a perfuração do poço exploratório de extensão 3-BRSA-1032-RJS (3-RJS-697), localizado na área do plano de avaliação de Iara (1-BRSA-618), no pré-sal da Bacia de Santos. O poço está localizado a 223 km da costa do Rio de Janeiro, a cerca de 9 km do poço pioneiro descobridor, em profundidade de água de 2.150 metros. É o terceiro poço perfurado na área do plano de avaliação da descoberta de Iara e atingiu a profundidade final de 6.050 metros.

“Os resultados obtidos, comprovados por meio de amostragens de petróleo de boa qualidade, entre 21 º e 26º API em reservatórios carbonáticos, situados a partir de 5.430 metros de profundidade, demonstram o elevado potencial dos reservatórios do pré-sal nesta área”, informou a estatal.

A Petrobrás é a operadora do consórcio (65%), em parceria com a BG Group (25%) e Petrogal Brasil/Galp Energia (10%).

 

 
Últimas Notícias
 
14/06/2017   -- A luta pelo Brasil em um novo partido
14/06/2017   -- TSE livra chapa Dilma-Temer e vota pela ditadura da propina
14/06/2017   -- Gilmar defende impunidade para PMDB, PT e PSDB
14/06/2017   -- Fux: os fatos são gravíssimos
14/06/2017   -- Lucro das operadoras de saúde aumentou 70% em 2016, diz ANS
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
14.06.2017
 O manual da canalhice - ou como Temer escapou no TSE.
14.06.2017
 Trabalhadores nas ruas dizem “Não” às ‘reformas’ de Temer .
14.06.2017
 Boletim do BC reduz a 0,41% previsão para o PIB este ano.
14.06.2017
 Lucro das operadoras de saúde aumentou 70% em 2016, diz ANS.
14.06.2017
 Fux: os fatos são gravíssimos .
14.06.2017
 Gilmar defende impunidade para PMDB, PT e PSDB.
18.05.2017
 Parente corta investimentos e privatiza Campo do Azulão.
19.05.2017
 Com manifestações e panelaço, povo vai às ruas após divulgação de gravações de Temer .
19.05.2017
 Molon protocola pedido de impeachment.
19.05.2017
 JBS: Mantega recebia a propina e distribuía.
19.05.2017
 Agendas e foto desmentem Lula.
19.05.2017
 Okamoto e Vaccari na agenda de Léo Pinheiro.
19.05.2017
  Paim: ‘Quem votar pela PEC da Previdência não volta em 2018’ .
19.05.2017
 Aécio pediu R$ 2 milhões e pegou. Dinheiro foi rastreado até parar em Perrella, o do helicóptero de cocaína.
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.com.br