Você está em: Home >> Notícias >> Parte da dívida dos estados deve ser revertida em investimentos, diz Tarso
 
- Procurar Notícias  
 
 
 
26/04/2012 | Parte da dívida dos estados deve ser revertida em investimentos, diz Tarso

O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, afirmou em audiência pública na Câmara dos Deputados, dia 19 de abril, que os contratos de refinanciamento das dívidas dos governos estaduais com a União são “leoninos”. Assinados entre 1997 e 1998, têm como indexador de correção monetária o IGP-DI. Segundo Tarso Genro, o governo federal quer trocá-lo pela taxa Selic, mas os governadores querem o IPCA.

Governadores formaram um grupo de trabalho para analisar a situação do endividamento e tirar uma revisão dos contratos, a ser apresentada ao Ministério da Fazenda. Além da substituição do IGP-DI pelo IPCA, os governos estaduais querem a redução da taxa de juros para 2% (hoje varia entre 6% a 7,5%); e redução do comprometimento da receita líquida real (RLR) do atual teto de 15% para 9%.

Na avaliação de Tarso Genro, os contratos foram assinados em uma situação econômica totalmente diversa da de hoje, em uma época de baixa taxa de crescimento, período de surto inflacionário, escassa procura. Agora, segundo o governador, o país vive um novo “círculo virtuoso” e é “aceitável” que se busque levantar “os dados técnicos e os elementos jurídicos necessários” para alteração dos contratos. “Que possamos utilizar parte desta dívida para investimentos nos estados. Coincide com movimento estratégico do governo para aumentar crescimento. Essa situação está sufocando há muito tempo os estados", disse o governador gaúcho.

Os governadores apontam que com alteração dos contratos de refinanciamento das dívidas terão condições de ampliar os investimentos.

 Com informação Jornal Hora do Povo

 
Últimas Notícias
 
18/03/2017   -- Atos dizem NÃO a Temer & súcia em defesa da Previdência e CLT
18/03/2017   -- Michel Temer, Gilmar, Rodrigo Maia e Eunício tramam contra a Lava Jato
16/03/2017   -- Não tem déficit na Previdência, o que tem é muito roubo
18/01/2017   -- Fernando Siqueira: “o acordo com Total é um ato criminoso”
18/01/2017   -- Para Ciro, conchavo PT-Temer na Câmara é uma traição imoral
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
18.03.2017
 Michel Temer, Gilmar, Rodrigo Maia e Eunício tramam contra a Lava Jato.
18.01.2017
 Para Ciro, conchavo PT-Temer na Câmara é uma traição imoral.
18.01.2017
 Fernando Siqueira: “o acordo com Total é um ato criminoso”.
13.12.2016
 Wagner e assessor especial de Dilma receberam suborno.
13.12.2016
 Geddel se sentia passado para trás.
13.12.2016
 Renan recebia pixuleco através de Jucá.
13.12.2016
 Padilha e Moreira Franco eram os prepostos de Temer que abasteciam PMDB da Câmara.
13.12.2016
 “PEC 55 só favorece especulador”, afirma o economista Nilson Araújo.
13.12.2016
 PEC do roubo à Previdência barra aposentadoria plena antes dos 70 .
13.12.2016
 Juros altos e sem investimentos, PIB recua 0,8% no 3º trimestre.
13.12.2016
 Governo, Congresso e STF estão podres. Eleições Gerais Já!.
23.11.2016
 Governo apresenta novo pacote de arrocho contra servidores gaúchos.
23.11.2016
 Contra a PEC 241/55 e o Pacote do Sartori.
21.10.2016
 Ipea diz que PEC 241 vai tirar 868 bilhões da assistência Social.
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.com.br