Você está em: Home >> Notícias >> Governadores criticam leis que impedem investimentos
 
- Procurar Notácias  
 
 
30/04/2012 | Governadores criticam leis que impedem investimentos

“Não há como fazer investimentos e melhorar a qualidade de vida de um povo com uma dívida desumana a pagar. A população mora nos estados e municípios, não na União e por isso cobra melhorias na qualidade de vida dos governos estaduais e prefeituras, mas como investir se grande parte da nossa receita vai para o pagamento da dívida?”, questionou o vice-governador do Pará, Helenilson Pontes, durante audiência na Câmara dos Deputados, realizada na semana passada (19/04), referindo-se à Lei de Responsabilidade Fiscal que sufoca a administração pública e proíbe a renegociação da dívida dos estados.

Nesta quarta-feira, um grupo de trabalho na Câmara dos Deputados se reuniu para fazer um balanço da audiência, onde os governadores defenderam a revisão dos contratos de renegociação de dívidas assinados com a União entre 1997 e 2001, e a redução do peso das prestações mensais pagas ao Tesouro Nacional, liberando recursos para investimentos.

Além da questão da dívida, os governadores enfrentam ainda o limite imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal para gastos com pessoal. Em estados como Bahia e Distrito Federal, professores mantêm a greve por reajuste salarial. No DF, o Governo aceitou reivindicações como pagamento do auxílio-saúde no valor de R$ 110 para todos os professores a partir de junho de 2012; o pagamento de valores devidos de exercícios anteriores até o limite de R$ 5 mil, de forma integral, em dezembro de 2012 e a conclusão da discussão da proposta de reestruturação do plano de carreira, mas em relação aos reajustes, afirma que chegou ao limite. 

Com informações do Jornal Hora do Povo

 
Últimas Notícias
 
17/04/2018   -- Cientistas Engajados disputarão as eleições em 2018
13/03/2018   -- PPL apresenta candidatura de João Goulart Filho a presidente da República
12/03/2018   -- PPL decide: João Goulart e Léo Alves para Presidência e Vice-Presidência do Brasil
08/02/2018   -- NOTA AO POVO GAÚCHO
02/02/2018   -- Governo do RS deixa metade dos servidores sem salário
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
12.03.2018
 PPL decide: João Goulart e Léo Alves para Presidência e Vice-Presidência do Brasil.
02.02.2018
 Aposentados fazem desfile-protesto contra assalto à Previdência.
02.02.2018
 Gasto com juros foi de R$ 400 bilhões em 2017.
02.02.2018
 Servidores Públicos reforçam convocação de greve geral dia 19.
02.02.2018
 ALERGS não vota o pacote de Sartori.
02.02.2018
 Governo do RS deixa metade dos servidores sem salário.
02.02.2018
 Filho de Jango é lançado presidente em São Borja.
22.01.2018
 Resolução da Executiva Estadual do Partido Pátria Livre – RS.
15.01.2018
 João Vicente Goulart condena “desmoralização” do Ministério do Trabalho.
15.01.2018
 Eleição com Lula é fraude!.
15.01.2018
 Ha-Joon Chang: “O Brasil está experimentando uma das maiores desindustrializações da história da economia”.
27.11.2017
 A vice-presidente do PPL/RS recebe homenagem da ALRS alusiva à Semana da Consciência Negra.
22.11.2017
 PPL inicia campanha à presidência: “Chega de roubalheira e recessão!”.
06.10.2017
 Presidente ladrão diz que imoral é o procurador que o pegou pelo pé.
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.org.br