Você está em: Home >> Notícias >> Movimentos sociais e sindicais entregam sugestões ao projeto que cria a EGR
 
- Procurar Notícias  
 
 
 
Créditos:Caroline Bicocchi/Palácio Piratini
30/05/2012 | Movimentos sociais e sindicais entregam sugestões ao projeto que cria a EGR

O governador Tarso Genro recebeu nesta terça-feira (29), as sugestões dos movimentos sociais e sindicais ao projeto de lei que cria a Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR). O documento é o resultado de uma reunião realizada na segunda-feira (28), quando as entidades apresentaram ao governo uma série de reivindicações como a implantação dos pedágios comunitários, maior poder de fiscalização e controle social e a garantia de investimentos nas praças de pedágio.

A carta sinaliza o apoio à criação da EGR, condicionando que o Executivo devolva à União a gestão das rodovias federais, cabendo à nova empresa, apenas, a administração das rodovias estaduais, assim como 85% da receita sejam investidos em obras de infraestrutura nas estradas e que estes recursos não transitem pelo Caixa Único do Estado. O documento afirma, ainda, a importância de a EGR ter "uma gestão enxuta, eficiente, com contratações de profissionais celetistas e gestão com participação de usuários".

Tarso Genro destacou a importância das colaborações das entidades e salientou que o Executivo deve devolver as estradas federais à União, assim que encerrarem os contratos de concessão. Presente na reunião, o chefe da Casa Civil, Carlos Pestana, afirmou que as demandas apresentadas pelas entidades estão em sintonia com os objetivos do governo: "Através desse projeto, estamos cumprindo o compromisso de não renovar as concessões e de proporcionar aos cidadãos um serviço com mais qualidade e menor custo. Algumas questões que não estão no projeto serão contempladas através de emendas", assegurou.

O documento foi assinado pelas seguintes entidades e representações: Comitê de Controle Social, Setcergs, OAB, Assurcon, Coredes, CUT, CGTB, Fetraf Sul, MTD, Movimento dos Atingidos por Barragens, Movimento dos Sem Terras, Movimento dos Pequenos Agricultores, Via Campesina, Federação dos Metalúrgicos, Movimento União Brasil Caminhoneiro, Câmaras de Vereadores da Região Carbonífera e da Região Sul e Frente Parlamentar Contra a Prorrogação dos Pedágios.

Publicado no Portal do Estado do Rio Grande do Sul

 
Últimas Notícias
 
03/07/2017   -- Trabalhistas históricos fortalecem o PPL
29/06/2017   -- João Vicente Goulart se filiará ao PPL
14/06/2017   -- A luta pelo Brasil em um novo partido
14/06/2017   -- TSE livra chapa Dilma-Temer e vota pela ditadura da propina
14/06/2017   -- Gilmar defende impunidade para PMDB, PT e PSDB
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
29.06.2017
 João Vicente Goulart se filiará ao PPL.
14.06.2017
 O manual da canalhice - ou como Temer escapou no TSE.
14.06.2017
 Trabalhadores nas ruas dizem “Não” às ‘reformas’ de Temer .
14.06.2017
 Boletim do BC reduz a 0,41% previsão para o PIB este ano.
14.06.2017
 Lucro das operadoras de saúde aumentou 70% em 2016, diz ANS.
14.06.2017
 Fux: os fatos são gravíssimos .
14.06.2017
 Gilmar defende impunidade para PMDB, PT e PSDB.
14.06.2017
 TSE livra chapa Dilma-Temer e vota pela ditadura da propina.
18.05.2017
 Parente corta investimentos e privatiza Campo do Azulão.
19.05.2017
 Com manifestações e panelaço, povo vai às ruas após divulgação de gravações de Temer .
19.05.2017
 Molon protocola pedido de impeachment.
19.05.2017
 JBS: Mantega recebia a propina e distribuía.
19.05.2017
 Agendas e foto desmentem Lula.
19.05.2017
 Okamoto e Vaccari na agenda de Léo Pinheiro.
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.org.br