Você está em: Home >> Notícias >> PPL de Porto Alegre realiza grande Congresso Municipal
 
- Procurar Notícias  
 
 
 
16/09/2011 | PPL de Porto Alegre realiza grande Congresso Municipal

O Partido Pátria Livre – PPL realizou na tarde desta quarta-feira, 07 de setembro, Dia da Independência, na Câmara de Vereadores de Porto Alegre, seu 2º Congresso Municipal visando organizar o partido para as eleições de 2012.

 

O Congresso contou com a participação de cerca de 200 filiados do partido que lotaram o Auditório Ana Terra. Participaram da mesa de abertura do evento o Prefeito Municipal de Porto Alegre, José Fortunati (PDT), o Presidente da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul, Deputado Adão Villaverde (PT), os presidentes municipais do PT, vereador Adeli Sell; do PCdoB, Carlos Fernando Niedsberg; e do PSB, Antônio Elisandro de Oliveira; e do representante do PPS, Ronaldo Garcia; além do presidente municipal do PPL, Vinícius Anversa e da Presidente do PPL Estadual, Mari Perusso.

 

Ao abrir o Congresso, o presidente municipal do PPL Vinícius Anversa comemorou o resultado de dois anos de trabalho da militância do partido que colheu mais de 120 mil assinaturas no Rio Grande do Sul, das quais 77 mil foram certificadas pelo TRE e compõe o quadro de 500 mil apoiamentos ao registro do PPL entregue ao Tribunal Superior Eleitoral no dia 24 de agosto: “Foram 120 mil pessoas com quem conversamos, apresentamos nosso programa e convencemos a nos ajudar para que o PPL fosse registrado, justamente no momento que a mídia mais joga contra os políticos. É no povo que a nossa proposta mais foi aceita”, comemorou Anversa. “Nosso objetivo agora, a partir deste Congresso, é construir nossas propostas para a cidade de Porto Alegre”, concluiu.

 

Em seguida, o representante do PPS, Ronaldo Garcia fez sua saudação: “vim trazer o nosso abraço. Pra quem por muito tempo tem militado, inclusive na clandestinidade, é muito bom ver nascer um novo partido. Grande sucesso neste trabalho”. O presidente municipal do PSB, Antônio Elisandro de Oliveira, saudou a militância do PPL: “por toda sua trajetória de militância, sabemos que o PPL surge pra ajudar a concretizar uma história árdua mas vigorosa na consolidação da nossa democracia. O PPL não é mais um partido por quê tem história de luta, tem discussão de conceitos, tem militância”.

 

O presidente do PCdoB, Carlos Fernando Niedsberg, por sua vez, destacou o período em que o PPL se consolida como partido registrado nacionalmente: “É muito bom passar a data que se comemora a Independência do Brasil no Congresso de um partido que carrega no seu nome a luta pela consolidação da nossa independência”, saudou. “No momento de crise do capital financeiro, a estratégia do PPL se faz profundamente adequada. A justeza da trajetória do PPL se faz fundamental nesta hora”, concluiu. O presidente municipal do PT, vereador Adeli Sell , ressaltou que o PPL está solicitando seu registro junto ao TSE hoje, mas tem muita história de luta em favor do povo brasileiro: “Com muitos que estão nesse Congresso nós já lutamos pela democracia e por justiça social em Porto Alegre. Em nome do PT, nós gostaríamos de estar juntos nas próximas jornadas”.

 

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Adão Villaverde também lembrou a trajetória de lutas que culmina agora com o pedido de registro do PPL junto ao TSE: “Talvez estejamos num dos momentos mais importantes para este país, para se consolidar um projeto de desenvolvimento nacional. Não tem melhor momento para projetar um partido com idéias nacionalistas do que hoje”. E concluiu: “O projeto do Pátria Livre está profundamente identificado com nosso momento histórico”. O prefeito José Fortunati lembrou que “as elites sempre tentaram nos convencer que não temos uma história de utas. Usando os meios de comunicação, jogam nosso grandes feitos a segundo plano. Hoje compreendemos que é necessário resgatar essa história. Por isso quero saudar o PPL por que tem essa orientação de olhar para o nosso passado e resgatar o que temos de melhor para apontar os caminhos que temos a trilhar. Essa caminhada não é de hoje, mas agora toma nova forma com a legalização do PPL”.

 

Encerrando a saudação dos convidados da mesa de abertura, a presidente estadual do PPL, Mari Perusso lembrou o trabalho de coleta de assinaturas para o registro do partido realizado em 23 estados e a constituição de diretórios estaduais em 17 para dizer que o PPL já nasce grande: “Hoje é dia da nossa Independência. O PPL vem com o objetivo de ajudar a completar a obra de independência nacional. Já participamos de muitas batalhas, e precisamos avançar mais. Neste momento, estamos discutindo profundamente no partido as questões que nos farão avançar, e vamos discutir aqui a cidade que queremos. Estamos inaugurando um novo ciclo no partido, para nos preparar para governar”.

 

Após a abertura solene, Márcio Cabreira, membro da Executiva Nacional do PPL, apresentou o informe político onde destacou o momento político nacional e estadual, fazendo um resgate histórico da luta brasileira pela sua independência, desde Tiradentes, passando pelos Governos de Getúlio Vargas e João Goulart, até o estágio atual, com a crise mundial provocada pela ganância do dinheiro organizado e dos monopólios financeiros. Cabreira também pontuou os pontos que o PPL defende para enfrentarmos a crise e completar a obra de independência nacional: 1) Ampliar o mercado interno. 2) Reduzir os juros. 3) Concentrar os recursos do Estado para financiar a produção das empresas genuinamente nacionais - privadas e estatais – e dar prioridade a elas nas encomendas. 4) Desenvolver os setores de tecnologia de ponta, indispensáveis à conquista da independência econômica plena. 5) Educação e Saúde gratuita e de qualidade para todos.

 

Em seguida, o vereador Toni Proença provocou a militância a opinar sobre a cidade para iniciar a construção do programa do PPL para construção da cidade que queremos: “Minha missão é trazer o nosso programa nacional-desenvolvimentista para a cidade de Porto Alegre. Estamos construindo uma nova força política com forte conceito de coletividade. Vamos aqui debater o que queremos para a Segurança, Saúde, Educação, Participação, enfim, neste Congresso vamos iniciar os debates sobre o que queremos para Porto Alegre”, concluiu.

 

Ao final do Congresso foi eleita a nova composição do Diretório Municipal do PPL e foi reeleito Vinícius Anversa para presidir o partido em Porto Alegre. Também foram eleitos os Delegados da Capital Gaúcha para o Congresso Estadual do PPL, que acontece no próximo dia 17 de setembro no Hotel Embaixador, em Porto Alegre.

 

 
Últimas Notícias
 
06/10/2017   -- PPL-RS: NÃO à adesão do RS ao plano do governo federal de arrocho dos estados
06/10/2017   -- RS: Sartori anuncia venda de 49% do estatal Banrisul
06/10/2017   -- Presidente ladrão diz que imoral é o procurador que o pegou pelo pé
03/07/2017   -- Trabalhistas históricos fortalecem o PPL
29/06/2017   -- João Vicente Goulart se filiará ao PPL
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
03.07.2017
 Trabalhistas históricos fortalecem o PPL.
29.06.2017
 João Vicente Goulart se filiará ao PPL.
14.06.2017
 O manual da canalhice - ou como Temer escapou no TSE.
14.06.2017
 Trabalhadores nas ruas dizem “Não” às ‘reformas’ de Temer .
14.06.2017
 Boletim do BC reduz a 0,41% previsão para o PIB este ano.
14.06.2017
 Lucro das operadoras de saúde aumentou 70% em 2016, diz ANS.
14.06.2017
 Fux: os fatos são gravíssimos .
14.06.2017
 Gilmar defende impunidade para PMDB, PT e PSDB.
14.06.2017
 TSE livra chapa Dilma-Temer e vota pela ditadura da propina.
14.06.2017
 A luta pelo Brasil em um novo partido.
22.05.2017
 Resolução Diretório Estadual Partido Pátria Livre RS.
18.05.2017
 Parente corta investimentos e privatiza Campo do Azulão.
19.05.2017
 Com manifestações e panelaço, povo vai às ruas após divulgação de gravações de Temer .
19.05.2017
 Molon protocola pedido de impeachment.
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.org.br