Você está em: Home >> Notícias >> Pedidos de falência crescem no Brasil
 
- Procurar Notácias  
 
 
14/06/2012 | Pedidos de falência crescem no Brasil

Levantamento da empresa Serasa Experian registrou 203 pedidos de falência no mês de maio, o que significa um aumento de 23% em relação aos 165 pedidos no mês de abril. Na comparação com maio do ano passado cresceram 21% os pedidos de falência (168).

Dos 203 requerimentos feitos em maio, 105 foram de micro e pequenas empresas, 67 de médias e 31 de grandes.

Aumentou no mês passado também o número de falências decretadas. Foram 66 em maio, ante 64 em abril.

Segundo nota divulgada pela consultoria, “esse avanço revela que há empresas em dificuldades no País e que somente com a retomada do crescimento econômico, esperada para o segundo semestre, essa situação deve ser revertida”.

O número de falências é calculado mensalmente pela Serasa, com dados levantados em fóruns, varas de falências e nos Diários Oficiais e da Justiça estaduais.

Joalheria Natan pede recuperação judicial

Além das falências requeridas e decretadas, aumentaram os números de recuperações judiciais requeridas, num total de 82 requisições. Um aumento de 44% em maio frente a abril e 61% em relação a maio do ano passado.

No dia 4 de junho, o juiz Fernando Viana, da 7ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, aceitou o pedido de processamento da recuperação judicial da Natan Joias, tradicional joalheria carioca, com dívidas em torno de R$ 14,5 milhões. A empresa, fundada em 1956, tem até 60 dias para apresentar o plano de reestruturação.

A lei 11.101, sancionada em 9 de fevereiro de 2005 pelo Presidente da República, que regula a recuperação judicial, a extrajudicial e a falência do empresário, acabou com o instrumento da “concordata” no Brasil e permite que a empresa endividada apresente a sua própria proposta para os credores.

Publicado no Jornal Hora do Povo, edição 3.064

 
Últimas Notícias
 
17/04/2018   -- Cientistas Engajados disputarão as eleições em 2018
13/03/2018   -- PPL apresenta candidatura de João Goulart Filho a presidente da República
12/03/2018   -- PPL decide: João Goulart e Léo Alves para Presidência e Vice-Presidência do Brasil
08/02/2018   -- NOTA AO POVO GAÚCHO
02/02/2018   -- Governo do RS deixa metade dos servidores sem salário
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
12.03.2018
 PPL decide: João Goulart e Léo Alves para Presidência e Vice-Presidência do Brasil.
02.02.2018
 Aposentados fazem desfile-protesto contra assalto à Previdência.
02.02.2018
 Gasto com juros foi de R$ 400 bilhões em 2017.
02.02.2018
 Servidores Públicos reforçam convocação de greve geral dia 19.
02.02.2018
 ALERGS não vota o pacote de Sartori.
02.02.2018
 Governo do RS deixa metade dos servidores sem salário.
02.02.2018
 Filho de Jango é lançado presidente em São Borja.
22.01.2018
 Resolução da Executiva Estadual do Partido Pátria Livre – RS.
15.01.2018
 João Vicente Goulart condena “desmoralização” do Ministério do Trabalho.
15.01.2018
 Eleição com Lula é fraude!.
15.01.2018
 Ha-Joon Chang: “O Brasil está experimentando uma das maiores desindustrializações da história da economia”.
27.11.2017
 A vice-presidente do PPL/RS recebe homenagem da ALRS alusiva à Semana da Consciência Negra.
22.11.2017
 PPL inicia campanha à presidência: “Chega de roubalheira e recessão!”.
06.10.2017
 Presidente ladrão diz que imoral é o procurador que o pegou pelo pé.
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.org.br