Você está em: Home >> Notícias >> Contrato de R$ 30 milhões firmado ontem por Banrisul, Brde e Badesul atinge 11 mil associados e 60 mil famílias do Noroeste
 
- Procurar Notícias  
 
 
 
Legenda:Governador Tarso Genro assina contrato de consórcio de bancos públicos para financiamento da cooperativa Cotrimaio
Créditos:Caco Argemi/Palácio Piratini
14/06/2012 | Contrato de R$ 30 milhões firmado ontem por Banrisul, Brde e Badesul atinge 11 mil associados e 60 mil famílias do Noroeste

O Sistema Financeiro Gaúcho, formado pelos bancos Banrisul, BRDE e Badesul, assinou, nesta quarta-feira (13), no Palácio Piratini, em Porto Alegre, contrato de financiamento no valor de R$ 30 milhões com a Cooperativa Agropecuária Alto Uruguai (Cotrimaio), de Três de Maio. O ato de assinatura, que contou com a presença do governador do Estado, Tarso Genro, foi feito pelos representantes do consórcio de bancos e da Cotrimaio. Pelo Banrisul, assinou o contrato de financiamento o presidente Túlio Zamin e o diretor de Crédito, Guilherme Cassel; pelo BRDE, o vice-presidente Carlos Henrique Horn e o diretor Administrativo, José Hermeto Hoffmann; pelo Badesul, o presidente Marcelo de Carvalho Lopes e a diretora de Operações, Lindamir Verbiski; e pela Cotrimaio, o presidente Amilton Dotto e o vice-presidente Antonio Wünsch.

Os recursos serão liberados por meio do Programa de Capitalização de Cooperativas Agropecuárias (Procap-Agro), linha de crédito disponibilizada pelo BNDES, e destinados para reestruturação da cooperativa, pagamento aos cooperados da produção da safra agrícola, capacitação profissional e treinamento. O empréstimo beneficiará 12 mil cooperados e suas famílias, alcançando cerca de 60 mil pessoas, da região Noroeste do Estado.

Ao cumprimentar os presentes, o governador Tarso Genro destacou o esforço e a competência do sistema financeiro gaúcho e de suas equipes para a implementação dos programas de governo. “É preciso enxergar o sistema produtivo empresarial a partir do que já está instalado no RS, com as micro, pequenas e médias empresas, ao longo das sucessões de gerações''. Ele destacou, ainda, que as cooperativas têm uma importância extraordinária para o desenvolvimento do Estado. Ao se dirigir aos produtores, o governador disse que tem convicção de que a Cotrimaio usará os recursos com responsabilidade.

Para Túlio Zamin, a articulação dos três bancos na construção do projeto foi de fundamental importância. “A parceria do Sistema Financeiro Gaúcho possibilitou a consolidação do financiamento, demonstrando o compromisso para o fortalecimento dos setores produtivos do Estado.”

Ao agradecer a confiança dos três bancos, Antonio Wünsch destacou que a cooperativa possui um vínculo muito grande com o quadro de associados. “Estamos construindo, há 30 anos, um histórico de conscientização. Com esse contrato, queremos dar oportunidade a cinco mil associados que ainda estão fora do processo produtivo em termos de economia.” Ele salientou que a instituição planeja investir na cadeia de produtores de leite. “Queremos fazer com que as famílias que trabalham em uma área de 20 hectares possam produzir leite tranquilamente. A Cotrimaio vai abraçar esta causa.”

Para o secretário estadual de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, Ivar Pavan, o projeto é importante para a política de desenvolvimento do RS e valoriza o trabalho da Cotrimaio, que tem na sua base a agricultura familiar. “Existe potencial, disposição e parceria das três instituições financeiras e, dessa forma, temos todos os ingredientes para fazer desse projeto um sucesso.” O aporte formalizado deve atingir cerca de 60 mil pessoas e integra umes estratégia de governo para recuperação de cooperativas.

A Cotrimaio atua na maior região produtora de soja, milho, trigo e leite do RS, e está presente em 18 municípios: Três de Maio, Maurício Cardoso, Criciumal, Boa Vista do Buricá, Independência, Alegre, Sede Nova, Humaitá, Tiradentes do Sul, Horizontina, São José do Inhacorá, Cruz Alta, Pejuçara, Boa Vista do INCRA, Boa Vista do Cadeado, Fortaleza dos Valos, Palmeira das Missões e Giruá. Possui 31 unidades de recebimento de grãos, 20 lojas de insumos agropecuários, 14 supermercados, seis postos de combustíveis e um frigorífico.

Sistema Financeiro - Constituído pelo Banrisul, Badesul e BRDE, o Sistema Financeiro Gaúcho fortalece a economia do Estado ao fomentar o desenvolvimento por meio do crédito. O portfólio de produtos possibilita o acesso à inovação tecnológica que proporciona maior produtividade aos empreendimentos. Unindo forças, as três instituições contribuem para alavancar o sistema produtivo e promovem o crescimento econômico e social do RS.

Com informações da agência de notícias do Banrisul

 
Últimas Notícias
 
18/03/2017   -- Atos dizem NÃO a Temer & súcia em defesa da Previdência e CLT
18/03/2017   -- Michel Temer, Gilmar, Rodrigo Maia e Eunício tramam contra a Lava Jato
16/03/2017   -- Não tem déficit na Previdência, o que tem é muito roubo
18/01/2017   -- Fernando Siqueira: “o acordo com Total é um ato criminoso”
18/01/2017   -- Para Ciro, conchavo PT-Temer na Câmara é uma traição imoral
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
18.03.2017
 Michel Temer, Gilmar, Rodrigo Maia e Eunício tramam contra a Lava Jato.
18.01.2017
 Para Ciro, conchavo PT-Temer na Câmara é uma traição imoral.
18.01.2017
 Fernando Siqueira: “o acordo com Total é um ato criminoso”.
13.12.2016
 Wagner e assessor especial de Dilma receberam suborno.
13.12.2016
 Geddel se sentia passado para trás.
13.12.2016
 Renan recebia pixuleco através de Jucá.
13.12.2016
 Padilha e Moreira Franco eram os prepostos de Temer que abasteciam PMDB da Câmara.
13.12.2016
 “PEC 55 só favorece especulador”, afirma o economista Nilson Araújo.
13.12.2016
 PEC do roubo à Previdência barra aposentadoria plena antes dos 70 .
13.12.2016
 Juros altos e sem investimentos, PIB recua 0,8% no 3º trimestre.
13.12.2016
 Governo, Congresso e STF estão podres. Eleições Gerais Já!.
23.11.2016
 Governo apresenta novo pacote de arrocho contra servidores gaúchos.
23.11.2016
 Contra a PEC 241/55 e o Pacote do Sartori.
21.10.2016
 Ipea diz que PEC 241 vai tirar 868 bilhões da assistência Social.
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.com.br