Você está em: Home >> Notícias >> Estrangeiras Telefónica e Telmex/AT&T levam a maioria dos lotes do leilão 4G
 
- Procurar Notícias  
 
 
15/06/2012 | Estrangeiras Telefónica e Telmex/AT&T levam a maioria dos lotes do leilão 4G

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) concluiu na quarta-feira (13) o leilão da faixa de frequência de 2,5 gigahertz (GHz), que será usada para a oferta de serviço da banda larga e telefonia móvel de quarta geração (4G). Foram vendidos 54 lotes pelo valor de R$ 2,930 bilhões para seis grupos de empresas. Contudo, os lotes nacionais ficaram com apenas quatro operadoras: Vivo (Telefónica), Claro (Telmex/AT&T), Oi e TIM (Telefónica). O que deixa clara a concentração no setor de telecomunicações - em sua maioria sob controle estrangeiro.

Em leilão na terça-feira (12), a Vivo ficou com a subfaixa X, com banda de 20 MHz + 20 MHz, por R$ 1,050 bilhão. A Claro levou a subfaixa W, com banda de 20 MHz + 20 MHz, por R$ 844,519 milhões. Na quarta-feira, adquiriu mais 19 lotes por R$ 144, 284 milhões, totalizando R$ 988,803 milhões. Com maior “tamanho”, essas bandas possibilitam maior capacidade de transmissão de dados e abrigar mais usuários. Oi e TIM adquiriram as subfaixas V2 e V1, com banda de 10 MHz + 10 MHz – além de lotes regionais -, por R$ 399,783 milhões e R$ 382,238 milhões, respectivamente.

O presidente da Vivo/Telefónica, Antonio Carlos Valente, de olho nos superlucros que propicia o setor, se disse muito satisfeito com a transação. “O êxito do leilão em um momento particularmente difícil da economia mostra a importância do mercado brasileiro para as operadoras internacionais”, afirmou. “Estamos absolutamente contentes tanto com banda quanto com o valor, que estava dentro das nossas expectativas”, acrescentou.

Tanto a Vivo/Telefónica quanto a Claro/Telmex não informaram como farão os pagamentos. “Estamos ainda avaliando fontes de financiamento e a melhor maneira de fazer isso”, destacou o presidente da Claro, Carlos Zenteno.

“Anunciaremos oportunamente como faremos o pagamento, mas o 4G tem desafios ainda mais importantes como a instalação das antenas, backbone e backhaul”, frisou Valente. Nenhum dos dois disse, ainda, se pretende recorrer ao BNDES, que é useiro e vezeiro em repassar dinheiro para as teles.

A norte-americana Sky, operadora de TV por satélite, arrematou 12 lotes na banda U, com freqüência de 35 MHz, por R$ 90,576 milhões. A Sunrise, do mega especulador George Soros, adquiriu duas licenças por R$ 19,094 milhões.

Publicado no Jornal Hora do Povo, edição 3.065

 
Últimas Notícias
 
14/06/2017   -- A luta pelo Brasil em um novo partido
14/06/2017   -- TSE livra chapa Dilma-Temer e vota pela ditadura da propina
14/06/2017   -- Gilmar defende impunidade para PMDB, PT e PSDB
14/06/2017   -- Fux: os fatos são gravíssimos
14/06/2017   -- Lucro das operadoras de saúde aumentou 70% em 2016, diz ANS
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
14.06.2017
 O manual da canalhice - ou como Temer escapou no TSE.
14.06.2017
 Trabalhadores nas ruas dizem “Não” às ‘reformas’ de Temer .
14.06.2017
 Boletim do BC reduz a 0,41% previsão para o PIB este ano.
14.06.2017
 Lucro das operadoras de saúde aumentou 70% em 2016, diz ANS.
14.06.2017
 Fux: os fatos são gravíssimos .
14.06.2017
 Gilmar defende impunidade para PMDB, PT e PSDB.
18.05.2017
 Parente corta investimentos e privatiza Campo do Azulão.
19.05.2017
 Com manifestações e panelaço, povo vai às ruas após divulgação de gravações de Temer .
19.05.2017
 Molon protocola pedido de impeachment.
19.05.2017
 JBS: Mantega recebia a propina e distribuía.
19.05.2017
 Agendas e foto desmentem Lula.
19.05.2017
 Okamoto e Vaccari na agenda de Léo Pinheiro.
19.05.2017
  Paim: ‘Quem votar pela PEC da Previdência não volta em 2018’ .
19.05.2017
 Aécio pediu R$ 2 milhões e pegou. Dinheiro foi rastreado até parar em Perrella, o do helicóptero de cocaína.
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.com.br