Você está em: Home >> Notícias >> Badesul beneficia 70 municípios gaúchos por meio do programa Badesul Cidades
 
- Procurar Notícias  
 
 
 
Legenda:O Secretário do Gabinete dos Prefeitos e Relações Federativas Afonso Motta e o Presidente do Badesul Marcelo Lopes assinam contratos Pimes/Badesul para obras em municípios do interior gaúcho.
Créditos:Eduardo Seidl/Palácio Piratini
20/06/2012 | Badesul beneficia 70 municípios gaúchos por meio do programa Badesul Cidades

O Badesul assinou, nesta quarta-feira (20), mais um conjunto de contratos do programa Pimes. Nove prefeituras foram beneficiadas com os empréstimos concedidos, num total de R$ 5 milhões: Agudo, Alegria, Barra do Quaraí, Coronel Bicaco, Mostardas, Rio dos Índios, Santo Antônio da Patrulha, Sobradinho e Nicolau Vergueiro. Na ocasião, também foi realizado um balanço sobre as operações do programa Badesul Cidades no primeiro semestre de 2012, em que 70 prefeituras do RS já foram beneficiadas com os financiamentos.

As assinaturas foram acompanhadas pelo presidente do Badesul, Marcelo Lopes e pelo secretario do Gabinete dos Prefeitos e Relações Federativas, Afonso Motta. Segundo Lopes, a expectativa do Banco é de que todos os municípios sejam atendidos de acordo com suas demandas. "Finalizamos esta etapa de contratos assinados com o orgulho de ter realizado um bom trabalho. No próximo semestre, o Badesul irá continuar articulando os interesses dos municípios junto ao Governo do Estado, com o intuito de praticar sua política industrial nas pequenas cidades, levando a elas, além de investimentos de infraestrutura urbana, novos empreendimentos empresariais", destacou.

Lopes enfatizou que os contratos foram acelerados em função do calendário eleitoral. O Governo do Estado autorizou a capitalização de mais R$ 54 milhões para o fundo rotativo mantido pelo Banco para apoiar os investimentos das cidades. A meta é chegar ao final de 2012 financiando cerca de 100 prefeituras. Dos R$ 64,5 milhões contratados em 2012 - sem considerar os novos beneficiados desta quarta-feira - R$ 15,5 milhões foram para aquisição de equipamentos rodoviários, R$ 2,978 milhões para modernização administrativa, R$ 1,9 milhão para construção de centros administrativos, R$ 2,35 milhões para construção de ginásios de esportes, R$ 3,4 milhões em distritos industriais. "São projetos que melhoram a vida da cidade, mas que também contribuem com a atração de investimentos de empresas, o que também é um compromisso do Badesul", explicou o presidente.

Já o secretario do Gabinete dos Prefeitos e Relações Federativas, Afonso Mota, enalteceu a importância do trabalho coletivo entre as prefeituras, a Secretaria do Gabinete dos Prefeitos e Relações Federativas e o Badesul. "Ao longo desse processo de um ano e meio, solidificamos a parceria com desafios e dificuldades. Estamos desenvolvendo um trabalho pensando no melhor para a comunidade". Mota também falou sobre a crise global, destacando que os financiamentos concedidos através do programa Pimes são muito oportunos para o contexto macroeconômico. "Essa iniciativa é uma alavacagem fundamental no processo econômico, pois gera o desenvolvimento local dos munícipios garantindo o emprego da população em plena crise global", ressaltou.

Investimentos

O investimento de R$ 650 mil, em Santo Antônio da Patrulha, no Litoral Norte, será destinado à pavimentação de um trecho de 1,4 quilômetro que liga a estrada RS 477 à empresa de porte internacional, Magna Cosmo International, que está sendo concluída na cidade. "Esta fábrica irá produzir as peças para o novo carro da General Motors (GM). Será um grande marco para a economia do nosso município", salientou o prefeito Daiçon Maciel da Silva, referindo-se à instalação da empresa que começa a operar em outubro, ação que também é apoiada pela Política Industrial do Governo do Estado.

Já o município de Agudo, no Centro do Estado, vai investir R$ 650 mil na área de urbanização, na compra de um triturador de lixo e de um rolo compactador. Segundo o prefeito, Ari Alves da Anunciação, será construído um sistema de esgotos e calçamento para a Vila Caiçara. "Além do investimento na área de urbanização, a compra do caminhão com triturador de lixo vai gerar uma poupança de 50% do custo atual, que é de R$ 40 mil, já que antes o lixo era levado até Santa Maria. O financiamento também será destinado à melhoria e conservação das estradas", afirmou.

No município de Alegria, na Grande Santa Rosa, o recurso de R$ 697 mil será utilizado para o calçamento da principal estrada da cidade, única via de acesso ao município. "Nós temos 10 quilômetros de estradas para serem calçadas e, com esse investimento conseguiremos fazer quatro quilômetros. Isto é um anseio da comunidade, que necessita de uma estrada que possa escoar sua produção e que permita o trânsito de pessoas e empresas", explicou o prefeito, Idalcir Luis Santi.

Já na cidade de Barra do Quaraí, na Fronteira Oeste, o investimento de R$ 350 mil será destinado à infraestrutura urbana. Segundo o prefeito Maher Jaber, o recurso vai ser aplicado nas ruas do loteamento popular Norman Irio Gutierrez. "Com essas mudanças podemos melhor a trafegabilidade, a segurança e a autoestima da população", destacou.

Calçamento das estradas também será o destino do recurso de R$ 700 mil ao município de Coronel Bicaco, na região Celeiro. Segundo o prefeito Roberto Zanela é um sonho da comunidade a melhoria no calçamento das estradas. "Será uma realização que vai ficar marcada na história do município e na vida de cada habitante", salientou Zanela.

Já em Mostardas, no Litoral Norte, o investimento de R$ 1 milhão será voltado a máquinas rodoviárias, como retroescavadeira, caçamba e um caminhão compactador. "Nosso município tem várias estradas vicinais, com a retroescavadeira iremos melhorar essas vias e facilitar o acesso aos pequenos agricultores. O caminhão compactador será utilizado no recolhimento de lixo. Economizaremos tempo e melhoraremos a segurança dos funcionários, pois até o momento não possuímos um veículo apropriado", afirmou o prefeito, Marne Mateus Vitorino de Souza.

Em Nicolau Vergueiro, no Alto da Serra do Botucaraí, no acesso à cidade de Passo Fundo, principal polo regional do município, há uma barragem. Atualmente, esta travessia é feita via balsa. O recurso de R$ 350 mil será utilizado para construir uma ponte sobre a barragem entre Nicolau Vergueiro e Ernestina. "Além dos recursos do Badesul, estamos investindo capital municipal e federal. Com a obra, iremos melhorar o escoamento da produção e o acesso à educação e saúde, além de criar mais chances para a instalação de empresas no município", ressaltou o prefeito, Danilmar da Costa.

No município de Rio dos Índios, na região da Produção, o recurso de R$ 350 mil será destinado à infraestrutura. Segundo o prefeito, Valdemar Batista, será feito o calçamento do bairro Nossa Senhora Aparecida e de outras ruas dentro do perímetro urbano. "Temos várias casas nessas áreas e a população está esperando está melhoria. Com o investimento vamos conseguir realizar 100% do calçamento de nosso município", destacou.

Já em Sobradinho, na região Centro-Serra, o beneficio de R$450 mil será utilizado na reforma da prefeitura da cidade. Segundo o prefeito Julio Miguel Vieira, será feita a pintura do prédio, melhorias na parte elétrica e em sua acessibilidade. "É de grande valor o que o Badesul pode nos beneficiar, também faremos uma modernização e ampliação de um dos principais restaurantes da cidade", concluiu.

Promover infraestrutura urbana e rural, saneamento básico, geração de emprego e conhecimento e o desenvolvimento institucional são alguns dos objetivos do programa. O Badesul é uma instituição estadual de fomento que integra o Sistema de Desenvolvimento Econômico, coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (SDPI).

Publicado no Portal do Estado do Rio Grande do Sul

 
Últimas Notícias
 
14/06/2017   -- A luta pelo Brasil em um novo partido
14/06/2017   -- TSE livra chapa Dilma-Temer e vota pela ditadura da propina
14/06/2017   -- Gilmar defende impunidade para PMDB, PT e PSDB
14/06/2017   -- Fux: os fatos são gravíssimos
14/06/2017   -- Lucro das operadoras de saúde aumentou 70% em 2016, diz ANS
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
14.06.2017
 O manual da canalhice - ou como Temer escapou no TSE.
14.06.2017
 Trabalhadores nas ruas dizem “Não” às ‘reformas’ de Temer .
14.06.2017
 Boletim do BC reduz a 0,41% previsão para o PIB este ano.
14.06.2017
 Lucro das operadoras de saúde aumentou 70% em 2016, diz ANS.
14.06.2017
 Fux: os fatos são gravíssimos .
14.06.2017
 Gilmar defende impunidade para PMDB, PT e PSDB.
18.05.2017
 Parente corta investimentos e privatiza Campo do Azulão.
19.05.2017
 Com manifestações e panelaço, povo vai às ruas após divulgação de gravações de Temer .
19.05.2017
 Molon protocola pedido de impeachment.
19.05.2017
 JBS: Mantega recebia a propina e distribuía.
19.05.2017
 Agendas e foto desmentem Lula.
19.05.2017
 Okamoto e Vaccari na agenda de Léo Pinheiro.
19.05.2017
  Paim: ‘Quem votar pela PEC da Previdência não volta em 2018’ .
19.05.2017
 Aécio pediu R$ 2 milhões e pegou. Dinheiro foi rastreado até parar em Perrella, o do helicóptero de cocaína.
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.com.br