Você está em: Home >> Notícias >> Dona de empresa que fez a propaganda eleitoral de Perillo admite que foi paga pelo esquema Cachoeira
 
- Procurar Notícias  
 
 
08/07/2012 | Dona de empresa que fez a propaganda eleitoral de Perillo admite que foi paga pelo esquema Cachoeira

A empresária Ana Cardozo de Lorenzo, proprietária da empresa Serpes Pesquisa de Opinião e Mercado, responsável pela propaganda de Marconi Perillo (PSDB) ao governo de Goiás, em 2010, não compareceu ao depoimento da CPMI do Cachoeira marcado para terça-feira (3). Mas encaminhou documento em que admite o recebimento de R$ 28 mil da empresa Alberto & Pantoja Construções para pagamento de serviços na campanha. Essa empresa é apontada pela PF como “laranja” de Cachoeira.

Para o relator da CPMI, deputado Odair Cunha (PT-MG), a depoente apresentou elementos importantes para a investigação. Segundo ele, quem contratou a empresária Ana de Lorenzo foi o ex-presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de Goiás, Edivaldo de Paula, braço de Cachoeira no governo de Goiás.

“É um vínculo importante de recursos da organização criminosa que viabilizou pesquisa em período eleitoral. Ana de Lorenzo trouxe um documento assinado por seus advogados, que afirmam que os R$ 28 mil foram pagos em razão de serviço prestado a pedido do Edivaldo de Paula. É um vínculo de alguém que está no governo de Goiás com a organização criminosa”, constatou Odair Cunha. O relator disse ainda que foi identificado um montante de R$ 56 mil na conta de Ana de Lorenzo. Desse total, ele afirmou que falta identificar a que se referem os outros R$ 28 mil, que totalizam os R$ 56 mil.

Publicado no Jornal Hora do Povo, edição 3.071

 
Últimas Notícias
 
18/03/2017   -- Atos dizem NÃO a Temer & súcia em defesa da Previdência e CLT
18/03/2017   -- Michel Temer, Gilmar, Rodrigo Maia e Eunício tramam contra a Lava Jato
16/03/2017   -- Não tem déficit na Previdência, o que tem é muito roubo
18/01/2017   -- Fernando Siqueira: “o acordo com Total é um ato criminoso”
18/01/2017   -- Para Ciro, conchavo PT-Temer na Câmara é uma traição imoral
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
18.03.2017
 Michel Temer, Gilmar, Rodrigo Maia e Eunício tramam contra a Lava Jato.
18.01.2017
 Para Ciro, conchavo PT-Temer na Câmara é uma traição imoral.
18.01.2017
 Fernando Siqueira: “o acordo com Total é um ato criminoso”.
13.12.2016
 Wagner e assessor especial de Dilma receberam suborno.
13.12.2016
 Geddel se sentia passado para trás.
13.12.2016
 Renan recebia pixuleco através de Jucá.
13.12.2016
 Padilha e Moreira Franco eram os prepostos de Temer que abasteciam PMDB da Câmara.
13.12.2016
 “PEC 55 só favorece especulador”, afirma o economista Nilson Araújo.
13.12.2016
 PEC do roubo à Previdência barra aposentadoria plena antes dos 70 .
13.12.2016
 Juros altos e sem investimentos, PIB recua 0,8% no 3º trimestre.
13.12.2016
 Governo, Congresso e STF estão podres. Eleições Gerais Já!.
23.11.2016
 Governo apresenta novo pacote de arrocho contra servidores gaúchos.
23.11.2016
 Contra a PEC 241/55 e o Pacote do Sartori.
21.10.2016
 Ipea diz que PEC 241 vai tirar 868 bilhões da assistência Social.
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.com.br