Você está em: Home >> Notícias >> Enxurrada de importados cresce 41% no setor têxtil
 
- Procurar Notícias  
 
 
08/07/2012 | Enxurrada de importados cresce 41% no setor têxtil

Dados levantados pela Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit) mostram crescimento de 41,1% nas importações de produtos no setor nos cinco primeiros meses de 2012. Em toneladas, a alta foi de 32,5%.

A enxurrada de importados que já somam R$ 3,133 bilhões - o que representa um crescimento em R$ 2,75 bilhões, foi responsável pelo déficit na balança comercial do setor têxtil e de confecção em US$ 2,24 bilhões (18,2%), excluída a fibra de algodão, em relação ao mesmo período de 2011. As exportações tiveram queda de 12,2%, chegando a US$ 512 milhões.

Para a produção da indústria têxtil no Brasil, a invasão de produtos importados determinou recuo na produção de 7,59%, enquanto no segmento de vestuário, a queda foi de 13,49%, segundo dados de pesquisa feita pelo IBGE considerando o período de janeiro a abril de 2012. Sustentado pelo alto volume de produtos importados, o varejo teve desempenho positivo de 0,45%.

O presidente da Abit, Aguinaldo Diniz Filho, afirmou que o prejuízo, no que diz respeito à criação de postos de trabalho pelo setor, chega a 70% com relação ao mesmo período do ano passado. Compreendendo o período de janeiro a abril de 2012, 11.692 trabalhadores foram contratados, contra as 16.536 vagas criadas no ano passado.

“Considerado um dos principais empregadores do Brasil, o setor têxtil e de confecção tem apresentado uma queda brutal na geração de vagas de trabalho”, declarou Aguinaldo Diniz.

Foi justamente pensando nisso que a associação colocou um painel eletrônico em frente à fachada da sede da entidade, o “Importômetro”, para mostrar os graves prejuízos da invasão desenfreada de produtos importados na cadeia produtiva do setor têxtil. O “importômetro” mostra em tempo real quantos dólares o país gasta com importação e o número de empregos que deixam de ser criados, já somando 352 mil.

Publicado no Jornal Hora do Povo, edição 3.071

 
Últimas Notícias
 
18/03/2017   -- Atos dizem NÃO a Temer & súcia em defesa da Previdência e CLT
18/03/2017   -- Michel Temer, Gilmar, Rodrigo Maia e Eunício tramam contra a Lava Jato
16/03/2017   -- Não tem déficit na Previdência, o que tem é muito roubo
18/01/2017   -- Fernando Siqueira: “o acordo com Total é um ato criminoso”
18/01/2017   -- Para Ciro, conchavo PT-Temer na Câmara é uma traição imoral
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
18.03.2017
 Michel Temer, Gilmar, Rodrigo Maia e Eunício tramam contra a Lava Jato.
18.01.2017
 Para Ciro, conchavo PT-Temer na Câmara é uma traição imoral.
18.01.2017
 Fernando Siqueira: “o acordo com Total é um ato criminoso”.
13.12.2016
 Wagner e assessor especial de Dilma receberam suborno.
13.12.2016
 Geddel se sentia passado para trás.
13.12.2016
 Renan recebia pixuleco através de Jucá.
13.12.2016
 Padilha e Moreira Franco eram os prepostos de Temer que abasteciam PMDB da Câmara.
13.12.2016
 “PEC 55 só favorece especulador”, afirma o economista Nilson Araújo.
13.12.2016
 PEC do roubo à Previdência barra aposentadoria plena antes dos 70 .
13.12.2016
 Juros altos e sem investimentos, PIB recua 0,8% no 3º trimestre.
13.12.2016
 Governo, Congresso e STF estão podres. Eleições Gerais Já!.
23.11.2016
 Governo apresenta novo pacote de arrocho contra servidores gaúchos.
23.11.2016
 Contra a PEC 241/55 e o Pacote do Sartori.
21.10.2016
 Ipea diz que PEC 241 vai tirar 868 bilhões da assistência Social.
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.com.br