Você está em: Home >> Notícias >> Dilma desautoriza aumento dos aposentados em 2013
 
- Procurar Notícias  
 
 
22/08/2012 | Dilma desautoriza aumento dos aposentados em 2013

Foi publicada na edição extra do final de semana do Diário Oficial da União a Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) de 2013, com 25 justificativas de vetos de artigos, parágrafos e incisivos. Entre os itens vetados, o parágrafo 8º do artigo 35, que definia que o Poder Executivo iria definir juntamente com as centrais sindicais e entidades representativas de aposentados e pensionistas a valorização dos benefícios da Previdência acima de um salário mínimo.

Segundo a justificativa, “por não se tratar de regra para a elaboração da proposta orçamentária de 2013, não se coaduna com o objetivo da LDO a discussão sobre a política de reajuste dos benefícios do Regime Geral de Previdência Social”.

O senador Paulo Paim (PT-RS) considerou “lamentável” a posição do governo. “Se os aposentados pudessem fazer greve, assim como outras categorias estão fazendo em todo o País, certamente o tratamento seria outro”, disse Paim através do Twitter.

A LDO aprovada no Congresso estabelece um superávit primário – recursos do orçamento confiscados para a gastança com juros - de R$ 155,9 bilhões. Ou seja, dinheiro para os bancos se coaduna com o objetivo da LDO, mas a negociação para valorização dos benefícios dos aposentados, que ganham acima de um salário mínimo, não. Deve ser por isso que há dois anos não há aumento – e também para os servidores públicos.

A presidente também vetou, integralmente, um anexo de metas e prioridades incluído pelos parlamentares, destinado à educação, mobilidade urbana, entre outras áreas, no valor de R$ 10,6 bilhões.

 

 
Últimas Notícias
 
18/03/2017   -- Atos dizem NÃO a Temer & súcia em defesa da Previdência e CLT
18/03/2017   -- Michel Temer, Gilmar, Rodrigo Maia e Eunício tramam contra a Lava Jato
16/03/2017   -- Não tem déficit na Previdência, o que tem é muito roubo
18/01/2017   -- Fernando Siqueira: “o acordo com Total é um ato criminoso”
18/01/2017   -- Para Ciro, conchavo PT-Temer na Câmara é uma traição imoral
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
A JUSTIÇA QUE A DILMA DEFENDIA COMO GUERILHRIRAÉ ESSA QUE ESTAMOS VENDO. DAR TUDO AOS QUE NÃO PRECISA E ESTRANGULAR OS NESSECITADOS. É APOLITICA DO CÃO
MARIO C. GASPERI
NOVA TRENTO
 
É injusto o que se faz com os aposentados.Em breve se continuar asssim, todos, 80% estará ganhando salario minimo.Do que valeu contribuir sob o teto.Agora, cada ano isso e dissolvido pela quebra de contrato.Paguei mas nao levei, nao levo.Que Deus tenha mi
ediomar
fortaleza
 
POR ISSO E QUE TEM MUITO LADRÃO NO PAIS NOS NÃO PODEMOS PORQUE ESTAMOS VELHOS SÃO ESSAS COISAS QUE CAUSA REVOLTA
DALTRO
SALVADOR
 
18.03.2017
 Michel Temer, Gilmar, Rodrigo Maia e Eunício tramam contra a Lava Jato.
18.01.2017
 Para Ciro, conchavo PT-Temer na Câmara é uma traição imoral.
18.01.2017
 Fernando Siqueira: “o acordo com Total é um ato criminoso”.
13.12.2016
 Wagner e assessor especial de Dilma receberam suborno.
13.12.2016
 Geddel se sentia passado para trás.
13.12.2016
 Renan recebia pixuleco através de Jucá.
13.12.2016
 Padilha e Moreira Franco eram os prepostos de Temer que abasteciam PMDB da Câmara.
13.12.2016
 “PEC 55 só favorece especulador”, afirma o economista Nilson Araújo.
13.12.2016
 PEC do roubo à Previdência barra aposentadoria plena antes dos 70 .
13.12.2016
 Juros altos e sem investimentos, PIB recua 0,8% no 3º trimestre.
13.12.2016
 Governo, Congresso e STF estão podres. Eleições Gerais Já!.
23.11.2016
 Governo apresenta novo pacote de arrocho contra servidores gaúchos.
23.11.2016
 Contra a PEC 241/55 e o Pacote do Sartori.
21.10.2016
 Ipea diz que PEC 241 vai tirar 868 bilhões da assistência Social.
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.com.br