Você está em: Home >> Notícias >> Inaugurada Sala Marcos Barreto na Casa de Cultura Mario Quintana
 
- Procurar Notícias  
 
 
 
28/09/2011 | Inaugurada Sala Marcos Barreto na Casa de Cultura Mario Quintana

 

* Notícia publicada originalmente no site do Governo do Estado.

A Secretaria de Estado da Cultura prestou uma homenagem ao ex-diretor da Casa de Cultura Mario Quintana, Marcos Barreto, falecido em agosto. Em cerimônia realizada na segunda-feira (26), a sala G4 da Casa passou a denominar-se Sala Marcos Barreto. A portaria foi assinada pelo secretário da Cultura, Assis Brasil. Em seguida a companheira de Marcos, Márcia Bauer, a mãe, Leda Barreto, e a irmã, Priscila Barreto, descerraram a placa de inauguração da sala, que será destinada a ensaios de grupos artísticos, oficinas e também a todas as linguagens culturais.


A emoção e a saudade foram a tônica das falas na cerimônia. O secretário Geral de Governo, Estilac Xavier, lembrou ter sido produtor de uma das peças de Marcos Barreto. O secretário Assis Brasil disse sentir muita saudade dos encontros e reuniões com Marcos. "As pessoas que foram realmente importantes permanecem vivas em nossa memória. Sempre que o Marcos apresentava um problema ele trazia junto duas ou três soluções. As idéias dele ocupavam minha sala toda", disse.


Emocionada, Márcia Bauer disse que planeja organizar o lado escritor de Marcos e leu um texto que ele fez sobre a Casa de Cultura em fevereiro, quando iniciava a execução de seus projetos. "Não existia outra pessoa além do Paulinho para dar continuidade a este projeto. Apesar de todos os problemas estruturais se conseguiu dar vida nova à Casa. Quem conviveu com Marcos aprendeu sobre generosidade, o que é tão difícil hoje em dia, essa era uma marca dele, muito grande", lembrou Márcia.


Diálogo


Paulo Wayne disse que a principal marca de Marcos Barreto foi a retomada do diálogo da Casa de Cultura com a classe artística. "Não vou falar da atuação de Marcos como diretor e ator de teatro. Quero falar sobre seu outro lado, o lado gestor, a capacidade de sonho que ele tinha. Conheci alguém que não dava uma ordem, ele consensuava as medidas que tinham que ser tomadas aqui, em um diálogo permanente com os servidores dessa Casa", destacou o novo diretor da Casa de Cultura Mario Quintana.


Antes da inauguração da sala foi oficialmente empossado o novo diretor da Casa de Cultura Mario Quintana, Paulo Wayne. Ele substitui Marcos Barreto, falecido em agosto.


Na solenidade o secretário de Estado da Cultura, Assis Brasil, destacou a qualidade profissional de Wayne e destacou a vocação da Casa para receber todas as formas de arte e expressões contemporâneas. "A Casa de Cultura é o presente e o futuro. Vemos que isso está sendo realizado e com muito amor. As pessoas que aqui trabalham têm uma dedicação absolutamente admirável. Sei que as coisas aqui vão estar muito bem com tua equipe. E que a restauração da Casa possa ser uma realidade no menor tempo possível", disse o secretário.


Novo jardim


Prestigiando a solenidade o secretário Geral de Governo, Estilac Xavier, também elogiou a qualidade do profissional Paulo Wayne. "É uma pessoa de uma integridade ímpar e todos conhecem a sua capacidade de gestão. Estou empenhado pessoalmente em trabalhar para conseguirmos a restauração da Casa de Cultura.


Paulo Wayne agradeceu o apoio de todos os companheiros que atuam na Casa de Cultura. "Não são só companheiros de jornada, mas fundamentais na gestão compartilhada da Casa de Cultura. Assumo essa casa com o desafio de levar adiante o trabalho de Marcos Barreto e o grande desafio, solicitado pelo secretário, de transformar essa Casa na voz da arte contemporânea do Rio Grande do Sul", disse o novo diretor.


No final do encontro todos confraternizaram no sétimo andar da Casa de Cultura, onde foi inaugurado um novo jardim idealizado por Marcos Barreto.

 
Últimas Notícias
 
03/07/2017   -- Trabalhistas históricos fortalecem o PPL
29/06/2017   -- João Vicente Goulart se filiará ao PPL
14/06/2017   -- A luta pelo Brasil em um novo partido
14/06/2017   -- TSE livra chapa Dilma-Temer e vota pela ditadura da propina
14/06/2017   -- Gilmar defende impunidade para PMDB, PT e PSDB
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
29.06.2017
 João Vicente Goulart se filiará ao PPL.
14.06.2017
 O manual da canalhice - ou como Temer escapou no TSE.
14.06.2017
 Trabalhadores nas ruas dizem “Não” às ‘reformas’ de Temer .
14.06.2017
 Boletim do BC reduz a 0,41% previsão para o PIB este ano.
14.06.2017
 Lucro das operadoras de saúde aumentou 70% em 2016, diz ANS.
14.06.2017
 Fux: os fatos são gravíssimos .
14.06.2017
 Gilmar defende impunidade para PMDB, PT e PSDB.
14.06.2017
 TSE livra chapa Dilma-Temer e vota pela ditadura da propina.
18.05.2017
 Parente corta investimentos e privatiza Campo do Azulão.
19.05.2017
 Com manifestações e panelaço, povo vai às ruas após divulgação de gravações de Temer .
19.05.2017
 Molon protocola pedido de impeachment.
19.05.2017
 JBS: Mantega recebia a propina e distribuía.
19.05.2017
 Agendas e foto desmentem Lula.
19.05.2017
 Okamoto e Vaccari na agenda de Léo Pinheiro.
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.org.br