Você está em: Home >> Notícias >> Intelectuais, artistas e juristas repelem linchamento público no julgamento do suposto “mensalão”
 
- Procurar Notícias  
 
 
28/09/2012 | Intelectuais, artistas e juristas repelem linchamento público no julgamento do suposto “mensalão”

Artistas, intelectuais, empresários, advogados e estudantes divulgaram, na última terça-feira (25), a Carta Aberta ao Povo Brasileiro, que condena a transformação do julgamento da Ação Penal 470, que a imprensa golpista batizou de “mensalão”, em espetáculo midiático. “Parte da cobertura na mídia e até mesmo reações públicas que atribuem aos ministros o papel de heróis nos causam preocupação”, diz o texto.

“Somos contra a transformação do julgamento em espetáculo, sob o risco de se exigir – e alcançar – condenações por uma falsa e forçada exemplaridade. Repudiamos o linchamento público e defendemos a presunção da inocência”, frisam os signatários.

O documento, assinado por personalidades como Oscar Niemeyer, Hildegard Angel, Fernando Morais, Luís Carlos Barreto, Alceu Valença, João Pedro Stédile, Luiz Carlos Bresser Pereira, Luiz Gonzaga Belluzzo, Emir Sader e Eric Nepomuceno, entre outros, reforça a defesa da legalidade e da presunção de inocência.

 

 
Últimas Notícias
 
03/07/2017   -- Trabalhistas históricos fortalecem o PPL
29/06/2017   -- João Vicente Goulart se filiará ao PPL
14/06/2017   -- A luta pelo Brasil em um novo partido
14/06/2017   -- TSE livra chapa Dilma-Temer e vota pela ditadura da propina
14/06/2017   -- Gilmar defende impunidade para PMDB, PT e PSDB
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
29.06.2017
 João Vicente Goulart se filiará ao PPL.
14.06.2017
 O manual da canalhice - ou como Temer escapou no TSE.
14.06.2017
 Trabalhadores nas ruas dizem “Não” às ‘reformas’ de Temer .
14.06.2017
 Boletim do BC reduz a 0,41% previsão para o PIB este ano.
14.06.2017
 Lucro das operadoras de saúde aumentou 70% em 2016, diz ANS.
14.06.2017
 Fux: os fatos são gravíssimos .
14.06.2017
 Gilmar defende impunidade para PMDB, PT e PSDB.
14.06.2017
 TSE livra chapa Dilma-Temer e vota pela ditadura da propina.
18.05.2017
 Parente corta investimentos e privatiza Campo do Azulão.
19.05.2017
 Com manifestações e panelaço, povo vai às ruas após divulgação de gravações de Temer .
19.05.2017
 Molon protocola pedido de impeachment.
19.05.2017
 JBS: Mantega recebia a propina e distribuía.
19.05.2017
 Agendas e foto desmentem Lula.
19.05.2017
 Okamoto e Vaccari na agenda de Léo Pinheiro.
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.org.br