Você está em: Home >> Notícias >> Magda, da ANP, comemora vinda das múltis com leilões e evasão do petróleo
 
- Procurar Notícias  
 
 
23/01/2013 | Magda, da ANP, comemora vinda das múltis com leilões e evasão do petróleo

A diretora-geral da ANP (Agência Nacional do Petróleo), Magda Chambriard, comemorou com um entusiasmo fora do comum a anunciada 11ª rodada de licitação de blocos exploratórios de petróleo e gás, prevista para maio, e também com a 1ª rodada de blocos específicos da área do pré-sal, marcado para novembro.

"Minha expectativa é de muita procura por essas áreas, depois de quatro anos sem rodadas. As empresas estão reiterando o interesse pelo Brasil", disse. As "empresas", claro, são as multinacionais, ávidas por açambarcarem o petróleo brasileiro, particularmente do bilionário pré-sal.

Também em consonância com as multinacionais, ela festejou a possibilidade do país ter no petróleo uma grande commodity (produto primário, para exportação). "Se isso acontecer conforme o planejado e o desenvolvimento pretendido pelo pré-sal, nós seremos capazes de exportar 1,5 milhão de barris de petróleo por dia", afirmou na quinta-feira passada (17), durante evento de lançamento de navio petroleiro Rômulo Almeida, da Transpetro – subsidiária da Petrobrás, no Estaleiro Mauá, em Niterói (RJ). "Isso nos colocará como exportadores do porte da Noruega, por exemplo", disse.

O vice-presidente da Associação dos Engenheiros da Petrobrás (Aepet), Fernando Siqueira, condenou a realização de leilões, alertando que por trás da licitação de áreas de petróleo pelo governo brasileiro está "o interesse estrangeiro" de se apropriar de nossas jazidas.

"Tem uma campanha geral para denegrir a imagem da Petrobrás e apresentá-la para a população como incapaz de produzir sozinha no pré-sal, porque eles não se conformam com o fato de a Petrobrás ser a operadora única e do Lula ter restabelecido a propriedade do petróleo para a União", afirmou Siqueira ao programa Agenda Econômica, da TV Senado.

A Aepet afirma que a exportação do petróleo do pré-sal sem controle é predatório para o país e só interessa às empresas estrangeiras. A entidade adverte que a retirada rápida do petróleo pode causar a doença holandesa ou pior, a doença nigeriana, com o país dependente da exportação, destruindo o parque industrial nacional e gerando desemprego. Outros exemplos de produção predatória são o México e a Indonésia, submetidos à pilhagem das múltis do petróleo. Fernando Siqueira defende que o país invista no seu desenvolvimento os recursos obtidos com o pré-sal e que a exportação do petróleo se dê de preferência com produtos derivados, de maior valor agregado.

O presidente do IBP (Instituto Brasileiro de Petróleo) – entidade que defende os interesses das multinacionais, João Carlos de Luca, também comemorou a retomada dos leilões. Ele prevê que a 11ª rodada de licitações de áreas de petróleo vai atrair grandes empresas para o país. "Não apenas confirmaram a 11ª rodada para maio e o primeiro leilão do pré-sal para novembro, como sinalizaram com a 12ª rodada em dezembro, para áreas de novas fronteiras, estamos muito satisfeitos", afirmou.

Fonte: Hora do Povo

 
Últimas Notícias
 
22/05/2017   -- Resolução Diretório Estadual Partido Pátria Livre RS
19/05/2017   -- Chega de ladrões! Eleições gerais já!
19/05/2017   -- Aécio pediu R$ 2 milhões e pegou. Dinheiro foi rastreado até parar em Perrella, o do helicóptero de cocaína
19/05/2017   -- Paim: ‘Quem votar pela PEC da Previdência não volta em 2018’
19/05/2017   -- Okamoto e Vaccari na agenda de Léo Pinheiro
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
18.05.2017
 Parente corta investimentos e privatiza Campo do Azulão.
19.05.2017
 Com manifestações e panelaço, povo vai às ruas após divulgação de gravações de Temer .
19.05.2017
 Molon protocola pedido de impeachment.
19.05.2017
 JBS: Mantega recebia a propina e distribuía.
19.05.2017
 Agendas e foto desmentem Lula.
19.05.2017
 Okamoto e Vaccari na agenda de Léo Pinheiro.
19.05.2017
  Paim: ‘Quem votar pela PEC da Previdência não volta em 2018’ .
19.05.2017
 Aécio pediu R$ 2 milhões e pegou. Dinheiro foi rastreado até parar em Perrella, o do helicóptero de cocaína.
06.05.2017
 PEC dos partidos corruptos passa na CCJ da Câmara.
06.05.2017
 A privatização do Satélite da Telebrás: mais uma ameaça à nossa soberania.
06.05.2017
 Sangria com juros aumenta no primeiro trimestre: R$ 110 bilhões .
06.05.2017
 Gilmar, Lewandowski e Toffoli afrontam o país.
06.05.2017
 Centrais convocam todos a Brasília em defesa da Previdência e da CLT.
06.05.2017
 Adesão à greve geral para o país contra ataques a direitos .
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.com.br