Você está em: Home >> Notícias >> Magda, da ANP, comemora vinda das múltis com leilões e evasão do petróleo
 
- Procurar Notácias  
 
 
23/01/2013 | Magda, da ANP, comemora vinda das múltis com leilões e evasão do petróleo

A diretora-geral da ANP (Agência Nacional do Petróleo), Magda Chambriard, comemorou com um entusiasmo fora do comum a anunciada 11ª rodada de licitação de blocos exploratórios de petróleo e gás, prevista para maio, e também com a 1ª rodada de blocos específicos da área do pré-sal, marcado para novembro.

"Minha expectativa é de muita procura por essas áreas, depois de quatro anos sem rodadas. As empresas estão reiterando o interesse pelo Brasil", disse. As "empresas", claro, são as multinacionais, ávidas por açambarcarem o petróleo brasileiro, particularmente do bilionário pré-sal.

Também em consonância com as multinacionais, ela festejou a possibilidade do país ter no petróleo uma grande commodity (produto primário, para exportação). "Se isso acontecer conforme o planejado e o desenvolvimento pretendido pelo pré-sal, nós seremos capazes de exportar 1,5 milhão de barris de petróleo por dia", afirmou na quinta-feira passada (17), durante evento de lançamento de navio petroleiro Rômulo Almeida, da Transpetro – subsidiária da Petrobrás, no Estaleiro Mauá, em Niterói (RJ). "Isso nos colocará como exportadores do porte da Noruega, por exemplo", disse.

O vice-presidente da Associação dos Engenheiros da Petrobrás (Aepet), Fernando Siqueira, condenou a realização de leilões, alertando que por trás da licitação de áreas de petróleo pelo governo brasileiro está "o interesse estrangeiro" de se apropriar de nossas jazidas.

"Tem uma campanha geral para denegrir a imagem da Petrobrás e apresentá-la para a população como incapaz de produzir sozinha no pré-sal, porque eles não se conformam com o fato de a Petrobrás ser a operadora única e do Lula ter restabelecido a propriedade do petróleo para a União", afirmou Siqueira ao programa Agenda Econômica, da TV Senado.

A Aepet afirma que a exportação do petróleo do pré-sal sem controle é predatório para o país e só interessa às empresas estrangeiras. A entidade adverte que a retirada rápida do petróleo pode causar a doença holandesa ou pior, a doença nigeriana, com o país dependente da exportação, destruindo o parque industrial nacional e gerando desemprego. Outros exemplos de produção predatória são o México e a Indonésia, submetidos à pilhagem das múltis do petróleo. Fernando Siqueira defende que o país invista no seu desenvolvimento os recursos obtidos com o pré-sal e que a exportação do petróleo se dê de preferência com produtos derivados, de maior valor agregado.

O presidente do IBP (Instituto Brasileiro de Petróleo) – entidade que defende os interesses das multinacionais, João Carlos de Luca, também comemorou a retomada dos leilões. Ele prevê que a 11ª rodada de licitações de áreas de petróleo vai atrair grandes empresas para o país. "Não apenas confirmaram a 11ª rodada para maio e o primeiro leilão do pré-sal para novembro, como sinalizaram com a 12ª rodada em dezembro, para áreas de novas fronteiras, estamos muito satisfeitos", afirmou.

Fonte: Hora do Povo

 
Últimas Notícias
 
17/04/2018   -- Cientistas Engajados disputarão as eleições em 2018
13/03/2018   -- PPL apresenta candidatura de João Goulart Filho a presidente da República
12/03/2018   -- PPL decide: João Goulart e Léo Alves para Presidência e Vice-Presidência do Brasil
08/02/2018   -- NOTA AO POVO GAÚCHO
02/02/2018   -- Governo do RS deixa metade dos servidores sem salário
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
12.03.2018
 PPL decide: João Goulart e Léo Alves para Presidência e Vice-Presidência do Brasil.
02.02.2018
 Aposentados fazem desfile-protesto contra assalto à Previdência.
02.02.2018
 Gasto com juros foi de R$ 400 bilhões em 2017.
02.02.2018
 Servidores Públicos reforçam convocação de greve geral dia 19.
02.02.2018
 ALERGS não vota o pacote de Sartori.
02.02.2018
 Governo do RS deixa metade dos servidores sem salário.
02.02.2018
 Filho de Jango é lançado presidente em São Borja.
22.01.2018
 Resolução da Executiva Estadual do Partido Pátria Livre – RS.
15.01.2018
 João Vicente Goulart condena “desmoralização” do Ministério do Trabalho.
15.01.2018
 Eleição com Lula é fraude!.
15.01.2018
 Ha-Joon Chang: “O Brasil está experimentando uma das maiores desindustrializações da história da economia”.
27.11.2017
 A vice-presidente do PPL/RS recebe homenagem da ALRS alusiva à Semana da Consciência Negra.
22.11.2017
 PPL inicia campanha à presidência: “Chega de roubalheira e recessão!”.
06.10.2017
 Presidente ladrão diz que imoral é o procurador que o pegou pelo pé.
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.org.br