Você está em: Home >> Notícias >> País gera 1,3 milhão de empregos com carteira assinada em 2012
 
- Procurar Notícias  
 
 
29/01/2013 | País gera 1,3 milhão de empregos com carteira assinada em 2012

A criação de empregos formais no país foi 33% menor em 2012. Os dados divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego a partir do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) na última sexta-feira (25), apontam que 1,3 milhão de vagas foram criadas no ano todo. Em 2011, 1,94 milhão de postos de trabalho foram abertos.

Além de ter sido o saldo mais baixo nos últimos três anos, o número de empregos com carteira assinada gerados em 2012 foi quase a metade do recorde de 2010, quando o país criou 2,5 milhões de novas vagas registradas formalmente.

Os números do governo federal revelam que um dos setores que mais surpreendeu pelo baixo índice de contratação no ano passado foi a Indústria de Transformação, com a abertura de 86,4 mil postos. O recorde ficou com o setor de Serviços, que criou 666 mil empregos formais. O Comércio foi responsável por 372 mil contratações e a Construção Civil 149,2 mil novas vagas.

A Agricultura criou 4,9 mil vagas formais no ano passado, enquanto a indústria Extrativa Mineral abriu 10,9 mil empregos. A Administração Pública foi responsável pela contratação de 1,49 mil trabalhadores e Serviços de Utilidade Publica com 10.223 postos.

DEZEMBRO

No último mês do ano, houve uma redução de 1,27% nos postos de trabalhos criados com relação a dezembro de 2011. Dentre os 25 subsetores pesquisados, somente o Comércio Varejista apresentou crescimento no nível de emprego.

A nível geográfico, todas as regiões apresentaram índices negativos, com destaque para o Sudeste, com queda de 1,47%; Sul com -1,43%; e Centro-Oeste com -1,61%.

Fonte: Hora do Povo

 
Últimas Notícias
 
18/03/2017   -- Atos dizem NÃO a Temer & súcia em defesa da Previdência e CLT
18/03/2017   -- Michel Temer, Gilmar, Rodrigo Maia e Eunício tramam contra a Lava Jato
16/03/2017   -- Não tem déficit na Previdência, o que tem é muito roubo
18/01/2017   -- Fernando Siqueira: “o acordo com Total é um ato criminoso”
18/01/2017   -- Para Ciro, conchavo PT-Temer na Câmara é uma traição imoral
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
18.03.2017
 Michel Temer, Gilmar, Rodrigo Maia e Eunício tramam contra a Lava Jato.
18.01.2017
 Para Ciro, conchavo PT-Temer na Câmara é uma traição imoral.
18.01.2017
 Fernando Siqueira: “o acordo com Total é um ato criminoso”.
13.12.2016
 Wagner e assessor especial de Dilma receberam suborno.
13.12.2016
 Geddel se sentia passado para trás.
13.12.2016
 Renan recebia pixuleco através de Jucá.
13.12.2016
 Padilha e Moreira Franco eram os prepostos de Temer que abasteciam PMDB da Câmara.
13.12.2016
 “PEC 55 só favorece especulador”, afirma o economista Nilson Araújo.
13.12.2016
 PEC do roubo à Previdência barra aposentadoria plena antes dos 70 .
13.12.2016
 Juros altos e sem investimentos, PIB recua 0,8% no 3º trimestre.
13.12.2016
 Governo, Congresso e STF estão podres. Eleições Gerais Já!.
23.11.2016
 Governo apresenta novo pacote de arrocho contra servidores gaúchos.
23.11.2016
 Contra a PEC 241/55 e o Pacote do Sartori.
21.10.2016
 Ipea diz que PEC 241 vai tirar 868 bilhões da assistência Social.
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.com.br