Você está em: Home >> Notícias >> Justiça barra ação do sindicato das teles contra radiodifusão pública
 
- Procurar Notícias  
 
 
20/03/2013 | Justiça barra ação do sindicato das teles contra radiodifusão pública

A Justiça Federal negou o pedido de mandado de segurança movido pelo Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviços Móvel e Pessoal (Sinditelebrasil) que questiona a constitucionalidade da contribuição das empresas de telecomunicações para o fomento à radiodifusão pública.

O sindicato, que representa as teles estrangeiras no Brasil, moveu a ação contra a União e a Empresa Brasileira de Comunicação (EBC) em 2009, pedindo o não-pagamento da Contribuição para o Fomento da Radiodifusão pública, instituída pela lei 11.652/08, e a restituição dos valores recolhidos. As empresas alegavam a inconstitucionalidade do tributo, sob o argumento de que não havia relação entre as finalidades da comunicação pública e a atividade das empresas de telecomunicação. O pedido foi negado pela juíza Maria Cecília de Marco Rocha, da 6ª Vara Federal nessa segunda-feira (18), que considerou a contribuição constitucional.

“A contribuição cobrada das empresas de radiodifusão visa a permitir o serviço público de informação educativa à população”, sentenciou a juíza.

Segundo o diretor jurídico da EBC, Marco Fioravante, a contribuição constitui a principal fonte de financiamento da radiodifusão pública e a decisão “reforça a tese da constitucionalidade da contribuição para o financiamento da comunicação pública, especialmente a EBC”.

Ele avalia que os recursos, depositados em juízo, referentes ao período de 2009 a 2012, chegam a R$ 1,25 bilhão.

O Sinditelebrasil anunciou na segunda-feira (18) que vai recorrer, em segunda instância, contra decisão da Justiça.

Fonte: Hora do Povo

 
Últimas Notícias
 
18/03/2017   -- Atos dizem NÃO a Temer & súcia em defesa da Previdência e CLT
18/03/2017   -- Michel Temer, Gilmar, Rodrigo Maia e Eunício tramam contra a Lava Jato
16/03/2017   -- Não tem déficit na Previdência, o que tem é muito roubo
18/01/2017   -- Fernando Siqueira: “o acordo com Total é um ato criminoso”
18/01/2017   -- Para Ciro, conchavo PT-Temer na Câmara é uma traição imoral
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
18.03.2017
 Michel Temer, Gilmar, Rodrigo Maia e Eunício tramam contra a Lava Jato.
18.01.2017
 Para Ciro, conchavo PT-Temer na Câmara é uma traição imoral.
18.01.2017
 Fernando Siqueira: “o acordo com Total é um ato criminoso”.
13.12.2016
 Wagner e assessor especial de Dilma receberam suborno.
13.12.2016
 Geddel se sentia passado para trás.
13.12.2016
 Renan recebia pixuleco através de Jucá.
13.12.2016
 Padilha e Moreira Franco eram os prepostos de Temer que abasteciam PMDB da Câmara.
13.12.2016
 “PEC 55 só favorece especulador”, afirma o economista Nilson Araújo.
13.12.2016
 PEC do roubo à Previdência barra aposentadoria plena antes dos 70 .
13.12.2016
 Juros altos e sem investimentos, PIB recua 0,8% no 3º trimestre.
13.12.2016
 Governo, Congresso e STF estão podres. Eleições Gerais Já!.
23.11.2016
 Governo apresenta novo pacote de arrocho contra servidores gaúchos.
23.11.2016
 Contra a PEC 241/55 e o Pacote do Sartori.
21.10.2016
 Ipea diz que PEC 241 vai tirar 868 bilhões da assistência Social.
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.com.br