Você está em: Home >> Notícias >> Tombini esclarece que decidiu aumentar os juros desde janeiro
 
- Procurar Notícias  
 
 
05/06/2013 | Tombini esclarece que decidiu aumentar os juros desde janeiro

O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, externou mais uma vez sua profissão de fé de aumento dos juros para supostamente combater a inflação. “O Banco Central iniciou o processo de aperto das condições monetárias em abril, e, neste momento, decidiu de forma unânime apertar no combate à inflação, o que reforça seu compromisso com uma inflação mais baixa”, disse em entrevista à Folha de S.Paulo.

Tombini abstrai, assim, olimpicamente a atuação dos monopólios na formação dos preços, na qual o aumento dos juros por parte do BC não tem influência nenhuma, como, por exemplo, a especulação dos preços de commodities nas bolsas de Chicago ou Nova Iorque. Portanto, o aumento dos juros só tem um objetivo: aumentar os juros. Para favorecer os bancos naturalmente, porque seja em que situação tiver a economia a opção do BC, por via das dúvidas, é aumentar ou aumentar os juros.

Por isso, ele esclareceu que “desde janeiro iniciamos um processo de sinalizar que as condições monetárias poderiam ser apertadas”. Verdade seja dita: não se pode dizer que ele não avisou que os juros seriam aumentados.

Mas, segundo Tombini, “o carro-chefe do crescimento deve ser, neste período à frente, o investimento”. Investimento com juros crescentes? Como disse o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), “aumentar os juros esfria a economia toda e desestimula a produção, gera desemprego (...). Juro também compõe custo, em toda a cadeia produtiva”. Isso válido principalmente para as empresas nacionais não monopolistas.

Concorrendo no quesito óleo de peroba, o presidente do BC afirmou que “a política de combate à inflação”, isto é, de aumento dos juros, “vai no sentido de assegurar uma preservação da renda real do assalariado, de dar mais confiança ao consumidor, à dona de casa e ao próprio empresário para investir. Então o combate à inflação não tem esse elemento, na minha visão, de colocar em risco a evolução da economia brasileira”.

Mas é exatamente isso que se trata. Além da escassez de investimentos públicos e da desnacionalização, a economia está estagnada em função de os juros se encontrarem em um patamar bastante elevado, o que trava os investimentos e contribui para desequilibrar o câmbio, favorecendo, portanto, o importacionismo. Sem falar que seguidamente nas atas das reuniões do Copom, o BC demonstra que não está preocupado com a preservação dos salários, pregando abertamente o arrocho salarial.

Tombini asseverou que “o trabalho do Banco Central é integralmente apoiado pelo governo Dilma”, estimando que “o PIB em torno de 3% é factível no Brasil neste ano neste contexto de política econômica”. Em outras palavras, a economia vai continuar patinando.

Fonte: Hora do Povo/Valdo Albuquerque

 

 
Últimas Notícias
 
18/03/2017   -- Atos dizem NÃO a Temer & súcia em defesa da Previdência e CLT
18/03/2017   -- Michel Temer, Gilmar, Rodrigo Maia e Eunício tramam contra a Lava Jato
16/03/2017   -- Não tem déficit na Previdência, o que tem é muito roubo
18/01/2017   -- Fernando Siqueira: “o acordo com Total é um ato criminoso”
18/01/2017   -- Para Ciro, conchavo PT-Temer na Câmara é uma traição imoral
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
18.03.2017
 Michel Temer, Gilmar, Rodrigo Maia e Eunício tramam contra a Lava Jato.
18.01.2017
 Para Ciro, conchavo PT-Temer na Câmara é uma traição imoral.
18.01.2017
 Fernando Siqueira: “o acordo com Total é um ato criminoso”.
13.12.2016
 Wagner e assessor especial de Dilma receberam suborno.
13.12.2016
 Geddel se sentia passado para trás.
13.12.2016
 Renan recebia pixuleco através de Jucá.
13.12.2016
 Padilha e Moreira Franco eram os prepostos de Temer que abasteciam PMDB da Câmara.
13.12.2016
 “PEC 55 só favorece especulador”, afirma o economista Nilson Araújo.
13.12.2016
 PEC do roubo à Previdência barra aposentadoria plena antes dos 70 .
13.12.2016
 Juros altos e sem investimentos, PIB recua 0,8% no 3º trimestre.
13.12.2016
 Governo, Congresso e STF estão podres. Eleições Gerais Já!.
23.11.2016
 Governo apresenta novo pacote de arrocho contra servidores gaúchos.
23.11.2016
 Contra a PEC 241/55 e o Pacote do Sartori.
21.10.2016
 Ipea diz que PEC 241 vai tirar 868 bilhões da assistência Social.
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.com.br