Você está em: Home >> Notícias >> Para Aécio, Mercosul não é “dinâmico” porque não está atrelado aos States
 
- Procurar Notácias  
 
 
12/06/2013 | Para Aécio, Mercosul não é “dinâmico” porque não está atrelado aos States

O senador Aécio Neves (PSDB/MG) declarou que os países que integram o Mercosul deveriam seguir o exemplo da Aliança do Pacífico, formada por México, Colômbia, Chile e Peru.

"Temos que ter a coragem de repensar e revisar o Mercosul. Neste sentido, a Aliança do Pacífico já é um exemplo de mobilidade e dinamismo", disse em entrevista ao jornal argentino La Nacion.

"Estamos muito preocupados com o que hoje acontece no Mercosul, que está muito atrofiado. Temos dúvidas se a união aduaneira é ainda o melhor caminho", disse o tucano. A Aliança do Pacífico é um bloco econômico que, instituído há pouco mais de um ano sob o guarda-chuva dos interesses norte-americanos, busca desenterrar a malfadada Alca (Área de Livre Comércio das Américas) para despejar os produtos das multinacionais dos EUA. Esse tipo de associação, tangida pelos EUA, depois mostra-se deletéria aos países, como aconteceu com o Nafta (Canadá, México e Chile).

As declarações de Aécio repercutiram mal nos meios políticos dos países membros, uma vez que Brasil e Argentina compartilham o comando político do bloco, formado ainda por Venezuela Uruguai e Paraguai.

O senador mineiro também falou sobre a nova agenda do PSDB, relembrando a gestão tucana no Palácio do Planalto. "Na realidade, a agenda que ainda está em execução no país foi proposta e inicialmente implementada por nós, pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso: a estabilidade monetária com o Plano Real, a abertura econômica, as privatizações", destacou.

Fonte: Hora do Povo

 
Últimas Notícias
 
17/04/2018   -- Cientistas Engajados disputarão as eleições em 2018
13/03/2018   -- PPL apresenta candidatura de João Goulart Filho a presidente da República
12/03/2018   -- PPL decide: João Goulart e Léo Alves para Presidência e Vice-Presidência do Brasil
08/02/2018   -- NOTA AO POVO GAÚCHO
02/02/2018   -- Governo do RS deixa metade dos servidores sem salário
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
12.03.2018
 PPL decide: João Goulart e Léo Alves para Presidência e Vice-Presidência do Brasil.
02.02.2018
 Aposentados fazem desfile-protesto contra assalto à Previdência.
02.02.2018
 Gasto com juros foi de R$ 400 bilhões em 2017.
02.02.2018
 Servidores Públicos reforçam convocação de greve geral dia 19.
02.02.2018
 ALERGS não vota o pacote de Sartori.
02.02.2018
 Governo do RS deixa metade dos servidores sem salário.
02.02.2018
 Filho de Jango é lançado presidente em São Borja.
22.01.2018
 Resolução da Executiva Estadual do Partido Pátria Livre – RS.
15.01.2018
 João Vicente Goulart condena “desmoralização” do Ministério do Trabalho.
15.01.2018
 Eleição com Lula é fraude!.
15.01.2018
 Ha-Joon Chang: “O Brasil está experimentando uma das maiores desindustrializações da história da economia”.
27.11.2017
 A vice-presidente do PPL/RS recebe homenagem da ALRS alusiva à Semana da Consciência Negra.
22.11.2017
 PPL inicia campanha à presidência: “Chega de roubalheira e recessão!”.
06.10.2017
 Presidente ladrão diz que imoral é o procurador que o pegou pelo pé.
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.org.br