Você está em: Home >> Notícias >> Aprovação de Dilma cai de 65% para 57%, diz Datafolha
 
- Procurar Notícias  
 
 
12/06/2013 | Aprovação de Dilma cai de 65% para 57%, diz Datafolha

O Datafolha divulgou que, em pesquisa realizada nos dias seis e sete deste mês, o número de entrevistados que consideravam "bom" ou "ótimo" o governo Dilma caíra oito pontos em relação à pesquisa anterior, realizada em março: de 65% para 57% na atual sondagem. Quanto às intenções de voto para presidente, Dilma, segundo o Datafolha, oscila - também em relação à pesquisa anterior - entre uma queda de 56% para 49% (no cenário onde concorre com Eduardo Campos, Marina Silva, Aécio Neves e Joaquim Barbosa) e uma queda de 58% para 51% (no cenário sem Barbosa). O ex-presidente Lula tem 55% no cenário mais desfavorável a Dilma, aquele em que esta tem 49%, com uma queda de três pontos percentuais em relação à pesquisa anterior do Datafolha. Lula não foi incluído pelo instituto no cenário sem Barbosa.

Os atuais 57% de aprovação do governo estão 26 pontos percentuais abaixo da popularidade do governo Lula (83%) na pesquisa que o Datafolha promoveu em dezembro de 2010, último mês de Lula na Presidência. Mas esses 57% estão, também, abaixo de todas as pesquisas do Datafolha realizadas no governo Lula desde dezembro de 2008 (ao todo, 21 pesquisas com a tendência geral de aumento do "bom" e "ótimo" em relação ao governo Lula). Nesse mês (dezembro de 2008), segundo esse instituto, o governo Lula alcançou 70% de "bom" e "ótimo". Depois disso, com poucas oscilações, Lula, que disparava desde o fim de seu primeiro mandato, prosseguiu até os 83% do final do segundo mandato.

Já os números da presidente Dilma foram mais modestos – de 47% em março de 2011, o Datafolha divulgou sua subida até 65% em março de 2013, e, agora, uma queda de oito pontos em junho.

Fonte: Hora do Povo

 
Últimas Notícias
 
18/03/2017   -- Atos dizem NÃO a Temer & súcia em defesa da Previdência e CLT
18/03/2017   -- Michel Temer, Gilmar, Rodrigo Maia e Eunício tramam contra a Lava Jato
16/03/2017   -- Não tem déficit na Previdência, o que tem é muito roubo
18/01/2017   -- Fernando Siqueira: “o acordo com Total é um ato criminoso”
18/01/2017   -- Para Ciro, conchavo PT-Temer na Câmara é uma traição imoral
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
18.03.2017
 Michel Temer, Gilmar, Rodrigo Maia e Eunício tramam contra a Lava Jato.
18.01.2017
 Para Ciro, conchavo PT-Temer na Câmara é uma traição imoral.
18.01.2017
 Fernando Siqueira: “o acordo com Total é um ato criminoso”.
13.12.2016
 Wagner e assessor especial de Dilma receberam suborno.
13.12.2016
 Geddel se sentia passado para trás.
13.12.2016
 Renan recebia pixuleco através de Jucá.
13.12.2016
 Padilha e Moreira Franco eram os prepostos de Temer que abasteciam PMDB da Câmara.
13.12.2016
 “PEC 55 só favorece especulador”, afirma o economista Nilson Araújo.
13.12.2016
 PEC do roubo à Previdência barra aposentadoria plena antes dos 70 .
13.12.2016
 Juros altos e sem investimentos, PIB recua 0,8% no 3º trimestre.
13.12.2016
 Governo, Congresso e STF estão podres. Eleições Gerais Já!.
23.11.2016
 Governo apresenta novo pacote de arrocho contra servidores gaúchos.
23.11.2016
 Contra a PEC 241/55 e o Pacote do Sartori.
21.10.2016
 Ipea diz que PEC 241 vai tirar 868 bilhões da assistência Social.
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.com.br