Você está em: Home >> Notícias >> A Shell perfurou em 2001 no local e não achou nada. Se não fosse pela Petrobrás, campo de Libra não existiria, diz Siqueira
 
- Procurar Notícias  
 
 
27/09/2013 | A Shell perfurou em 2001 no local e não achou nada. Se não fosse pela Petrobrás, campo de Libra não existiria, diz Siqueira

O vice-presidente da Associação dos Engenheiros da Petrobrás (Aepet), Fernando Siqueira, afirmou que o leilão de Libra é uma afronta aos interesses do país e à soberania nacional, pois a área deveria ter ficado com a Petrobrás, como parte da cessão onerosa.

Siqueira reforçou os argumentos em prol do controle da estatal sobre o maior campo de petróleo descoberto no país, revelando que a multinacional anglo-holandesa Shell efetuou perfurações no local, em 2001, "até profundidade de 3.990 metros e devolveu-o para a União". "Logo, se não fosse a Petrobrás, Libra não seria descoberto", ressaltou.

"Os diretores e ex-diretores da Petrobrás sabem que o campo de Libra fez parte da cessão onerosa, inclusive porque os custos de perfuração não foram pagos à companhia. A ANP (Agência Nacional de Petróleo) tomou o campo de volta porque, só com Franco, ela ultrapassou o valor da cessão onerosa. Mas podia manter Libra pela lei", disse.

As declarações do engenheiro ocorreram durante palestra, na última terça-feira (24), na Sociedade dos Engenheiros e Arquitetos do Estado do Rio de Janeiro (Seaerj). No evento, ele comentou a espionagem contra a empresa e avaliou que a captura ilegal de informações é uma ameaça permanente.

"Todos os poços marítimos da Petrobrás usam o software Open Wells da Landmark, subsidiária da Halliburton. A Halliburton é líder do complexo industrial financeiro-petroleiro-armamentista, mencionado pelo americano John Perkins em seu livro "Confissões de um Assassino Econômico", revelou. Siqueira acrescentou que a Landmark tem consultores na Petrobrás, com acesso às informações dos registros no Open Wells.

Fonte: Hora do Povo

 
Últimas Notícias
 
22/05/2017   -- Resolução Diretório Estadual Partido Pátria Livre RS
19/05/2017   -- Chega de ladrões! Eleições gerais já!
19/05/2017   -- Aécio pediu R$ 2 milhões e pegou. Dinheiro foi rastreado até parar em Perrella, o do helicóptero de cocaína
19/05/2017   -- Paim: ‘Quem votar pela PEC da Previdência não volta em 2018’
19/05/2017   -- Okamoto e Vaccari na agenda de Léo Pinheiro
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
18.05.2017
 Parente corta investimentos e privatiza Campo do Azulão.
19.05.2017
 Com manifestações e panelaço, povo vai às ruas após divulgação de gravações de Temer .
19.05.2017
 Molon protocola pedido de impeachment.
19.05.2017
 JBS: Mantega recebia a propina e distribuía.
19.05.2017
 Agendas e foto desmentem Lula.
19.05.2017
 Okamoto e Vaccari na agenda de Léo Pinheiro.
19.05.2017
  Paim: ‘Quem votar pela PEC da Previdência não volta em 2018’ .
19.05.2017
 Aécio pediu R$ 2 milhões e pegou. Dinheiro foi rastreado até parar em Perrella, o do helicóptero de cocaína.
06.05.2017
 PEC dos partidos corruptos passa na CCJ da Câmara.
06.05.2017
 A privatização do Satélite da Telebrás: mais uma ameaça à nossa soberania.
06.05.2017
 Sangria com juros aumenta no primeiro trimestre: R$ 110 bilhões .
06.05.2017
 Gilmar, Lewandowski e Toffoli afrontam o país.
06.05.2017
 Centrais convocam todos a Brasília em defesa da Previdência e da CLT.
06.05.2017
 Adesão à greve geral para o país contra ataques a direitos .
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.com.br