Você está em: Home >> Notícias >> Exportações do RS crescem mais de 46% e devem bater recorde em 2013
 
- Procurar Notícias  
 
 
 
Créditos:Alina Souza/Especial Palácio Piratini
27/12/2013 | Exportações do RS crescem mais de 46% e devem bater recorde em 2013

As exportações do Rio Grande do Sul acumularam US$ 23,9 bilhões durante os 11 primeiros meses de 2013, o que corresponde a um aumento de US$ 7,6 bilhões em relação ao mesmo período do ano anterior. O valor de evolução da exportação do Estado, que deve bater recorde no ano, corresponde a 46,9%, dado superior a do País, que foi de 0,7%. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (26) pela Fundação de Economia e Estatística ( FEE ).

A variação do volume de exportação foi positiva, correspondendo a 17,7%, acima do nível nacional, que foi de 3,5%. Durante o ano de 2013, o Estado atingiu a terceira posição entre os estados exportadores, abaixo apenas de São Paulo e Minas Gerais. No resultado mensal, as exportações alcançaram o valor de US$ 2,6 bilhões, o que representou um aumento de US$ 1,4 bilhão em relação ao ano anterior (119,8% em valor; 2,4 em volume e 75,2% em preços).

Conforme o economista da FEE, Guilherme Risco, o resultado se deu a partir de uma nova plataforma de petróleo exportada em novembro do Porto do Rio Grande. "O crescimento ocorre, em primeiro lugar, devido a esta plataforma, seguido de outros setores como a exportação de soja. O ano de 2012 foi de queda, mas a maioria dos setores já está se recuperando. Em percentual isso significa 6,9 do total da exportação, ou seja, mais de 90% do crescimento é devido a estes setores", destaca.

As exportações da indústria de transformação registraram crescimento de US$ 5,3 bilhões no acumulado do ano, enquanto a agropecuária aumentou US$ 2,4 bilhões. Dentre os principais produtos exportados pela agropecuária destaca-se o grão de soja e milho. Do total de soja exportado no ano, US$ 3,6 bilhões (85,3%) foram embarcados para a China.

Também na indústria da transformação destacam-se as exportações no setor de equipamentos de transporte, produtos químicos, derivados do petróleo, veículos automotores, fumo, couros e calçados. Produtos alimentícios, máquinas e equipamentos, e produtos de metal tiveram um decréscimo de US$ 365 milhões. No setor de alimentícios são significativas as reduções de US$ 194,3 milhões nas exportações de óleo de soja e arroz.

Os principais destinos exportados pelo Estado foram China, Panamá, Holanda, Argentina, Coréia do Sul, Estados Unidos e Venezuela.

Fonte: Secom/Daiane Roldão

 
Últimas Notícias
 
14/06/2017   -- A luta pelo Brasil em um novo partido
14/06/2017   -- TSE livra chapa Dilma-Temer e vota pela ditadura da propina
14/06/2017   -- Gilmar defende impunidade para PMDB, PT e PSDB
14/06/2017   -- Fux: os fatos são gravíssimos
14/06/2017   -- Lucro das operadoras de saúde aumentou 70% em 2016, diz ANS
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
14.06.2017
 O manual da canalhice - ou como Temer escapou no TSE.
14.06.2017
 Trabalhadores nas ruas dizem “Não” às ‘reformas’ de Temer .
14.06.2017
 Boletim do BC reduz a 0,41% previsão para o PIB este ano.
14.06.2017
 Lucro das operadoras de saúde aumentou 70% em 2016, diz ANS.
14.06.2017
 Fux: os fatos são gravíssimos .
14.06.2017
 Gilmar defende impunidade para PMDB, PT e PSDB.
18.05.2017
 Parente corta investimentos e privatiza Campo do Azulão.
19.05.2017
 Com manifestações e panelaço, povo vai às ruas após divulgação de gravações de Temer .
19.05.2017
 Molon protocola pedido de impeachment.
19.05.2017
 JBS: Mantega recebia a propina e distribuía.
19.05.2017
 Agendas e foto desmentem Lula.
19.05.2017
 Okamoto e Vaccari na agenda de Léo Pinheiro.
19.05.2017
  Paim: ‘Quem votar pela PEC da Previdência não volta em 2018’ .
19.05.2017
 Aécio pediu R$ 2 milhões e pegou. Dinheiro foi rastreado até parar em Perrella, o do helicóptero de cocaína.
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.com.br