Você está em: Home >> Notícias >> Gerdau ataca os gaúchos e a administração de Tarso
 
- Procurar Notácias  
 
 
 
12/05/2014 | Gerdau ataca os gaúchos e a administração de Tarso

O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, respondeu pelo twitter às declarações do empresário Jorge Gerdau em entrevista ao jornal Zero Hora, no domingo (4). Gerdau fez críticas ofensivas à situação econômica e administrativa do Rio Grande do Sul. Entre elas, ele disse: "se olharmos a logística de São Paulo e a nossa, é irritante. E como São Paulo fez? Com concessões, mas nós as suspendemos. A presidenta Dilma faz os leilões com boas condições de juro e de competitividade, mas um Estado falido e sem dinheiro festeja estatização das estradas. E é a própria Zero Hora que nos informa: os primeiros sinais de buracos já estão começando a aumentar. O nível de poupança define o de investimento, até para atrair empréstimos externos. Estamos estagnados". Gerdau é coordenador da Câmara de Gestão e Planejamento do Governo Federal.

E fez ironias, criticando a postura dos gaúchos, que "estão felizes, mas por acomodação". "Afinal, se comparar a qualidade de vida daqui, o churrasquinho do final de semana, um baita desafio que é o Gre-Nal...". O governador Tarso Genro rebateu o magnata gaúcho do aço e conselheiro de Dilma, afirmando que Gerdau foi "ofensivo" aos gaúchos. Para Tarso, "considerar acomodado o povo" porque "ele gosta de Gre-Nal e churrasco é não saber o que é povo. E é ofensivo. É não reconhecer quanto este povo já lutou e luta pela sua dignidade, pela sua capacitação, pelo seu salário, pelo seu direito ao trabalho".

Ao rebater as declarações de Gerdau, o governador assinalou que "acomodados são os que pensam que podem governar por fora dos processos eleitorais: uma democracia sem povo, afinal ele é ‘acomodado"’. "O desprezo ao mundo da política é o mesmo desprezo arrogante que as ditaduras sempre demonstraram aos processos democráticos", acrescentou.

Se há maior exemplo de acomodação e patrimonialismo é o de Gerdau que fez sua fortuna parasitando o Estado, as estatais, sendo um dos grandes beneficiários das privatizações, principalmente da siderurgia. Por isso mesmo defende as "concessões", isto é, as privatizações de estradas.

Fonte: Jornal Hora do Povo

 
Últimas Notícias
 
08/02/2018   -- NOTA AO POVO GAÚCHO
02/02/2018   -- Governo do RS deixa metade dos servidores sem salário
02/02/2018   -- Filho de Jango é lançado presidente em São Borja
02/02/2018   -- ALERGS não vota o pacote de Sartori
02/02/2018   -- Servidores Públicos reforçam convocação de greve geral dia 19
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
02.02.2018
 Aposentados fazem desfile-protesto contra assalto à Previdência.
02.02.2018
 Gasto com juros foi de R$ 400 bilhões em 2017.
02.02.2018
 Servidores Públicos reforçam convocação de greve geral dia 19.
02.02.2018
 ALERGS não vota o pacote de Sartori.
02.02.2018
 Governo do RS deixa metade dos servidores sem salário.
15.01.2018
 João Vicente Goulart condena “desmoralização” do Ministério do Trabalho.
15.01.2018
 Eleição com Lula é fraude!.
15.01.2018
 Ha-Joon Chang: “O Brasil está experimentando uma das maiores desindustrializações da história da economia”.
27.11.2017
 A vice-presidente do PPL/RS recebe homenagem da ALRS alusiva à Semana da Consciência Negra.
22.11.2017
 PPL inicia campanha à presidência: “Chega de roubalheira e recessão!”.
06.10.2017
 Presidente ladrão diz que imoral é o procurador que o pegou pelo pé.
06.10.2017
 RS: Sartori anuncia venda de 49% do estatal Banrisul.
06.10.2017
 PPL-RS: NÃO à adesão do RS ao plano do governo federal de arrocho dos estados.
03.07.2017
 Trabalhistas históricos fortalecem o PPL.
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.org.br