Você está em: Home >> Notícias >> Werner Rempel: A PEC 241 representa a destruição e o atraso do Brasil
 
- Procurar Notícias  
 
 
 
21/10/2016 | Werner Rempel: A PEC 241 representa a destruição e o atraso do Brasil

Recentemente a Câmara dos Deputados aprovou, em primeiro turno, a proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241, que estabelece um teto para os gastos públicos por 20 anos, com a justificativa de conter o rombo das contas públicas.

No entanto, segundo o Presidente Estadual do Partido Pátria Livre do Rio Grande do Sul (PPL/RS), Werner Rempel: “é notório que o rombo dos gastos públicos é com o sistema financeiro que decorre a uma taxa de juro absurda, estabelecida pelo governo federal, sendo as taxas mais altas do mundo que leva o país ao precipício e a falência. A PEC prejudicará o Brasil”.

Atualmente, o orçamento da União destina-se 41,7% para o pagamento de juros e amortização da dívida pública, enquanto que 21,8% vai para a Previdência Social, 4% para a saúde, 3,7% para a educação e o restante para as demais áreas. Para Werner, a PEC 241 é a antessala de duas reformas: a Previdência Social e a trabalhista, em que se tira da previdência, para jogar nos juros altos e pagamentos e amortização da dívida pública, e a trabalhista para pagar menos aos trabalhadores pelo mesmo motivo. “Se o rumo do país for este o Brasil passará por muito mais dificuldades do que vem passando nos dias hoje, onde existem 12 milhões de desempregados e a quebradeira generalizada da indústria nacional”, indagou.

 

A discussão da PEC ainda passará por uma votação em segundo turno na Câmara dos Deputados e, caso for aprovada, será discutida no Senado: “Nós estamos diante de uma situação em que precisamos nos levantar contra a esta política do governo federal e combate-la sem tréguas. Vamos lutar pelo Brasil e pela nossa pátria! ”, enfatizou Werner Rempel.

 
Últimas Notícias
 
27/11/2017   -- A vice-presidente do PPL/RS recebe homenagem da ALRS alusiva à Semana da Consciência Negra
22/11/2017   -- PPL inicia campanha à presidência: “Chega de roubalheira e recessão!”
06/10/2017   -- PPL-RS: NÃO à adesão do RS ao plano do governo federal de arrocho dos estados
06/10/2017   -- RS: Sartori anuncia venda de 49% do estatal Banrisul
06/10/2017   -- Presidente ladrão diz que imoral é o procurador que o pegou pelo pé
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
06.10.2017
 Presidente ladrão diz que imoral é o procurador que o pegou pelo pé.
06.10.2017
 RS: Sartori anuncia venda de 49% do estatal Banrisul.
03.07.2017
 Trabalhistas históricos fortalecem o PPL.
29.06.2017
 João Vicente Goulart se filiará ao PPL.
14.06.2017
 O manual da canalhice - ou como Temer escapou no TSE.
14.06.2017
 Trabalhadores nas ruas dizem “Não” às ‘reformas’ de Temer .
14.06.2017
 Boletim do BC reduz a 0,41% previsão para o PIB este ano.
14.06.2017
 Lucro das operadoras de saúde aumentou 70% em 2016, diz ANS.
14.06.2017
 Fux: os fatos são gravíssimos .
14.06.2017
 Gilmar defende impunidade para PMDB, PT e PSDB.
14.06.2017
 TSE livra chapa Dilma-Temer e vota pela ditadura da propina.
14.06.2017
 A luta pelo Brasil em um novo partido.
22.05.2017
 Resolução Diretório Estadual Partido Pátria Livre RS.
18.05.2017
 Parente corta investimentos e privatiza Campo do Azulão.
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.org.br