Você está em: Home >> Notícias >> Argentina cresce 9,2% com juro de -0,8%, enquanto o Brasil patina
 
- Procurar Notícias  
 
 
 
21/10/2011 | Argentina cresce 9,2% com juro de -0,8%, enquanto o Brasil patina

A Argentina, que adota uma taxa de juros real de -0,8%, acumulou um crescimento de 9,2% nos primeiros nove meses no ano, se comparados com igual período do ano anterior. O que impulsionou o desempenho da economia argentina, que fechou o ano de 2010 com taxa de crescimento de 9,2%, foi o crescimento da capacidade de consumo da população e da produção industrial.

 

*Notícia publicada originalmente no jornal Hora do Povo.

 

Com uma taxa real de juros de -0,8%, a economia argentina acumulou um crescimento de 9,2%, nos primeiros nove meses do ano, impulsionada pelo consumo interno, pela indústria e pelo comercio internacional, informou o Instituto Nacional de Estatística e Censos (INDEC-equivalente ao nosso IBGE).

 

O órgão oficial, ao difundir os números do Estimador Mensal da Atividade Econômica (EMAE), mostrou que no mês de agosto a economia apresentou um aumento de 0,6 % em relação a julho e que cresceu 8,6% em agosto em relação ao mesmo mês de 2010.

 

O fator chave para turbinar o crescimento econômico foi o consumo interno. Segundo os dados do INDEC, nos supermercados as vendas de agosto foram 18,5% maiores que as correspondentes a igual mês de 2010. Nos grandes centros, o aumento foi de 33,7%, impulsionado pela elevação do crédito ao consumo.

 

A indústria, que vem mostrando importante crescimento, durante agosto teve um aumento de 5,5%, alentado por um aumento de 17% na produção automotriz, de 10,2% no setor metal-mecânico, e de 11 % na elaboração de produtos ligados à construção.

 

As exportações somaram 8,25 bilhões de dólares, com um crescimento de 25%, enquanto que as importações atingiram US$ 7,6 bilhões.

 

O governo avaliou para este ano um crescimento do PIB em torno de 9,0%.

 

Uma pesquisa difundida na semana passada constatou que oito de cada dez empresários consideram que a situação econômica do próximo ano será igualmente produtiva, e ponderam que a atual crise econômica dos EUA, da Europa e outros países poderá mesmo beneficiar o país.

 

Durante o fechamento da campanha para as eleições de domingo próximo, a presidente Cristina Kirchner, candidata à reeleição, afirmou que "pela primeira vez em muito tempo e frente à crise global, a Argentina se encontra numa posição que nos permite pensar a médio e longo prazo. Sempre havia um plano salvador que se produzia fora do país e respondia, claro, a interesses que não eram os nossos e que fracassava. Hoje, nós pensamos com as nossas próprias cabeças e defendemos os nossos interesses que são a construção de um país mais justo, mais desenvolvido e mais independente".

 

Apesar de divergentes em vários aspectos, todas as pesquisas eleitorais assinalam que Cristina vencerá no primeiro turno. O percentual de votos é estimado acima de 50%. O segundo na preferência dos eleitores é o socialista Hermes Binner, que têm entre 12% e 15,6% das intenções de voto. Binner foi governador da província de Santa Fé, onde se encontra o maior complexo agroexportador do país.

 

 
Últimas Notícias
 
18/03/2017   -- Atos dizem NÃO a Temer & súcia em defesa da Previdência e CLT
18/03/2017   -- Michel Temer, Gilmar, Rodrigo Maia e Eunício tramam contra a Lava Jato
16/03/2017   -- Não tem déficit na Previdência, o que tem é muito roubo
18/01/2017   -- Fernando Siqueira: “o acordo com Total é um ato criminoso”
18/01/2017   -- Para Ciro, conchavo PT-Temer na Câmara é uma traição imoral
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
18.03.2017
 Michel Temer, Gilmar, Rodrigo Maia e Eunício tramam contra a Lava Jato.
18.01.2017
 Para Ciro, conchavo PT-Temer na Câmara é uma traição imoral.
18.01.2017
 Fernando Siqueira: “o acordo com Total é um ato criminoso”.
13.12.2016
 Wagner e assessor especial de Dilma receberam suborno.
13.12.2016
 Geddel se sentia passado para trás.
13.12.2016
 Renan recebia pixuleco através de Jucá.
13.12.2016
 Padilha e Moreira Franco eram os prepostos de Temer que abasteciam PMDB da Câmara.
13.12.2016
 “PEC 55 só favorece especulador”, afirma o economista Nilson Araújo.
13.12.2016
 PEC do roubo à Previdência barra aposentadoria plena antes dos 70 .
13.12.2016
 Juros altos e sem investimentos, PIB recua 0,8% no 3º trimestre.
13.12.2016
 Governo, Congresso e STF estão podres. Eleições Gerais Já!.
23.11.2016
 Governo apresenta novo pacote de arrocho contra servidores gaúchos.
23.11.2016
 Contra a PEC 241/55 e o Pacote do Sartori.
21.10.2016
 Ipea diz que PEC 241 vai tirar 868 bilhões da assistência Social.
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.com.br