Você está em: Home >> Notícias >> Agendas e foto desmentem Lula
 
- Procurar Notícias  
 
 
19/05/2017 | Agendas e foto desmentem Lula

O Ministério Público Federal (MPF) juntou nos autos da ação penal do tríplex do Guarujá (SP) documentos sobre encontros do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com diretores da Petrobrás, que ele negou terem ocorrido durante depoimento ao juiz Sérgio Moro. São citadas agendas de encontros e viagens de Lula com participação de ex-diretores da estatal, entre eles, Paulo Roberto Costa, Jorge Zelada e Renato Duque. No depoimento ele jurou que não teve encontro com Paulo Roberto Costa e nem com Zelada.

No material anexado estão cópias eletrônicas de registros de, pelo menos, 28 encontros e viagens. As reuniões ocorreram entre os anos de 2003 e 2010.

As agendas não batem com algumas afirmações de Lula no depoimento, dia 10 de maio. Ao ser questionado sobre a atuação de ex-diretores da estatal, Lula afirmou que, nos oito anos em que ficou na presidência, teve apenas dois momentos com a diretoria da estatal: um sobre o pré-sal e outro para definição de projeto estratégico. "Nos oito anos que eu fiquei na presidência da República, a gente não tem reunião com a diretoria da Petrobrás. Eu em oito anos tive dois momentos. Quando nós descobrimos o pré-sal, para discutir o plano estratégico e para decidir, se a gente não ia fazer leilão do pré-sal", disse Lula.

Moro questionou se, além de um encontro com Renato Duque, ex-diretor de Serviços da estatal, Lula também teria procurado outros ex-diretores, como Paulo Roberto Costa, recebendo resposta negativa.

Apenas com Costa, ex-diretor de Abastecimento da Petrobrás e um dos primeiros executivos da estatal a fechar acordo de colaboração premiada, os documentos mostram onze agendamentos de conversas com Lula, entre os anos de 2005 e 2009. O ano em que o petista teria se reunido mais vezes com executivos da companhia teria sido 2008, com sete.

Na ação penal o ex-presidente é acusado de ter beneficiado a construtora OAS em três contratos da Petrobrás e, em troca, ter sido beneficiado com o tríplex no litoral paulista. De acordo com o MPF, ele recebeu R$ 3,7 milhões em propina, de forma dissimulada.

Também nessa ação a Operação Lava Jato anexou aos autos uma foto com Lula e o então presidente da OAS, Léo Pinheiro, no sítio que o ex-presidente jura que não é dele. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), a reforma do triplex foi decidida e feita em conjunto com as obras no sítio em Atibaia. O juiz Sérgio Moro chegou a indagar Lula sobre as duas reformas, mas ele disse que só responderia a questões sobre o triplex, alegando que os processos são distintos. Lula disse no depoimento que só tinha se encontrado com Léo Pinheiro no apratamento em São Bernardo para discutir reforma do sítio e no Instituto Lula para debater questões gerais. Mas a foto mostra que eles se encontraram outras vezes, pelo menos no sítio.

Fonte: Jornal Hora do Povo

 

 
Últimas Notícias
 
22/05/2017   -- Resolução Diretório Estadual Partido Pátria Livre RS
19/05/2017   -- Chega de ladrões! Eleições gerais já!
19/05/2017   -- Aécio pediu R$ 2 milhões e pegou. Dinheiro foi rastreado até parar em Perrella, o do helicóptero de cocaína
19/05/2017   -- Paim: ‘Quem votar pela PEC da Previdência não volta em 2018’
19/05/2017   -- Okamoto e Vaccari na agenda de Léo Pinheiro
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
18.05.2017
 Parente corta investimentos e privatiza Campo do Azulão.
19.05.2017
 Com manifestações e panelaço, povo vai às ruas após divulgação de gravações de Temer .
19.05.2017
 Molon protocola pedido de impeachment.
19.05.2017
 JBS: Mantega recebia a propina e distribuía.
19.05.2017
 Agendas e foto desmentem Lula.
19.05.2017
 Okamoto e Vaccari na agenda de Léo Pinheiro.
19.05.2017
  Paim: ‘Quem votar pela PEC da Previdência não volta em 2018’ .
19.05.2017
 Aécio pediu R$ 2 milhões e pegou. Dinheiro foi rastreado até parar em Perrella, o do helicóptero de cocaína.
06.05.2017
 PEC dos partidos corruptos passa na CCJ da Câmara.
06.05.2017
 A privatização do Satélite da Telebrás: mais uma ameaça à nossa soberania.
06.05.2017
 Sangria com juros aumenta no primeiro trimestre: R$ 110 bilhões .
06.05.2017
 Gilmar, Lewandowski e Toffoli afrontam o país.
06.05.2017
 Centrais convocam todos a Brasília em defesa da Previdência e da CLT.
06.05.2017
 Adesão à greve geral para o país contra ataques a direitos .
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.com.br