Você está em: Home >> Notícias >> Tarso acusa ZH de manipular discurso
 
- Procurar Notícias  
 
 
 
25/10/2011 | Tarso acusa ZH de manipular discurso

*Notícia publicada originalmente no site Coletiva.net

 

Governador nega que tenha defendido a censura ao jornalismo investigativo.

 

O jornal Zero Hora publicou um editorial em que acusa o governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, de atacar o jornalismo investigativo. Ele, por sua vez, rebateu a crítica negando que queira “interditar o debate, fazendo-o através da manipulação da informação”. A publicação faz referência a um discurso de Tarso no Congresso do Ministério Público do Estado em que, conforme o Portal Imprensa, ele teria atacado práticas do jornalismo investigativo "que denunciam, julgam e condenam, pretendendo substituir as instituições republicanas que têm essas atribuições" (leia AQUI a integra do discurso).

 

"Não proponho, em absoluto, qualquer controle da informação por parte do Estado. Nem a sonegação de informações relevantes, para que os processos e as investigações tenham ampla publicidade pela mídia”, afirmou o governador, que completou: “Não se trata de alegar a existência de uma ''conspiração'' dos meios de comunicação contra a democracia e o devido processo legal. Trata-se de compreender que já vivemos um período da sociedade da informação em que os poderes de fato, no capitalismo tardio, estão se sobrepondo aceleradamente ao poder das instituições formais do Estado”. Segundo o Portal Imprensa, ele diz ainda que o jornal manipulou sua fala no Congresso, e que "sequer versava sobre alguma empresa de comunicação em particular ou sobre alguma investigação jornalística".

 

Tarso também foi acusado por ZH de tentar se proteger de futuras denúncias. Sobre isso, o governador afirmou que seria "jogo sujo". "O que faz reduzir a corrupção é a punição pelo Estado e não o justiçamento paralelo da mídia, nem as investigações dos repórteres, que obviamente podem ser feitos e devem ser feitos. Mas o produto destas investigações é matéria jornalística e é, portanto, mercadoria-notícia, não prova de crime", concluiu.

 

 
Últimas Notícias
 
03/07/2017   -- Trabalhistas históricos fortalecem o PPL
29/06/2017   -- João Vicente Goulart se filiará ao PPL
14/06/2017   -- A luta pelo Brasil em um novo partido
14/06/2017   -- TSE livra chapa Dilma-Temer e vota pela ditadura da propina
14/06/2017   -- Gilmar defende impunidade para PMDB, PT e PSDB
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
29.06.2017
 João Vicente Goulart se filiará ao PPL.
14.06.2017
 O manual da canalhice - ou como Temer escapou no TSE.
14.06.2017
 Trabalhadores nas ruas dizem “Não” às ‘reformas’ de Temer .
14.06.2017
 Boletim do BC reduz a 0,41% previsão para o PIB este ano.
14.06.2017
 Lucro das operadoras de saúde aumentou 70% em 2016, diz ANS.
14.06.2017
 Fux: os fatos são gravíssimos .
14.06.2017
 Gilmar defende impunidade para PMDB, PT e PSDB.
14.06.2017
 TSE livra chapa Dilma-Temer e vota pela ditadura da propina.
18.05.2017
 Parente corta investimentos e privatiza Campo do Azulão.
19.05.2017
 Com manifestações e panelaço, povo vai às ruas após divulgação de gravações de Temer .
19.05.2017
 Molon protocola pedido de impeachment.
19.05.2017
 JBS: Mantega recebia a propina e distribuía.
19.05.2017
 Agendas e foto desmentem Lula.
19.05.2017
 Okamoto e Vaccari na agenda de Léo Pinheiro.
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.org.br